Apesar do avanço da soja e do gado, animais selvagens ainda são vistos com freqüência no Cone Sul

jan 25 • Agricultura e Pecuária, Todas as Notícias • 37 Visualizações • Nenhum comentário em Apesar do avanço da soja e do gado, animais selvagens ainda são vistos com freqüência no Cone Sul

Apesar do avanço das lavouras e da pecuária no Cone Sul, a principal região produtora de grãos e de carne em Rondônia ainda conserva áreas de mata onde vivem milhares de animais da fauna silvestre.

Foi o que comprovou, esta semana, um representante comercial que percorreu mais de 300 quilômetros de estradas de chão entre as cidades de Chupinguaia e Corumbiara.

Durante o trajeto, o vendedor flagrou uma anta e fotografou o bicho, que o deixou se aproximar. “Já vi capivaras e um bando de catetos, mas também há registros de onças e sucuris. Eu até cheguei a registrar uma dessas grandes cobras engolindo um galo, mas não sei onde foi parar a imagem”.

Entrevistado pelo site, o autor das fotografias também se disse impressionado com a riqueza das fazendas da região, onde a grande produtividade está sendo alcançada graças à implantação de inovações tecnológicas, tanto na lavoura quanto na pecuária.

Em uma dessas propriedades, o produtor se espantou com o rebanho Caracu. “Várias raças bovinas vêm sendo criadas e melhorando a genética animal”, disse.



Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »