Agricultores de Urupá recebem títulos da terra

nov 14 • Agricultura • 611 Visualizações • Nenhum comentário em Agricultores de Urupá recebem títulos da terra

O evento no distrito de nova Aliança, no Projeto de Assentamento do Incra, Martim Pescador, faz parte do programa de regularização fundiária do Governo do Estado em parceria com o Governo Federal, que visa documentar áreas ocupadas por 714 famílias. Com suas áreas tituladas, os produtores rurais podem buscar financiamentos e créditos habitacionais e investimentos para melhorar a produção na terra.

Segundo o superintendente do Incra, Luiz Flávio de Carvalho, o trabalho de titulação daquela área será de forma gradativa atendendo todas as famílias que se enquadrem no processo de reforma agrária em suas pequenas propriedades. Mesmo enfrentando uma forte chuva, mais de 300 pessoas lotaram o salão de festas da escola municipal Nova Estrela.

Vitória

Para o secretário de Agricultura, Evandro Padovani, aquele ato representou uma vitória importante para o Governo do Estado e Governo federal que, em parceria estão trabalhando e enfrentando os desafios de assentar pequenos produtores rurais, consolidando a reforma agrária no Estado. De acordo com o secretário, o processo de regularização fundiária voltado para os pequenos produtores rurais é um sonho antigo do governador Confúcio Moura.

O Termo de Cooperação Técnica firmado entre o Incra e Seagri tem o município de Urupá nesta primeira etapa, mas titular todas as áreas produtivas naquele município, o único em Rondônia composto 100% de assentamentos, apresentando um alto índice de desenvolvimento

Crédito

Depoimentos importantes de assentados como Francisco Reinaldo da Silva e de sua esposa Marli de Freitas Silva, que esperavam a mais de 15 anos para receber o titulo definitivo de sua pequena propriedade de 10 alqueires ilustra a importância da regularização fundiária em Rondônia. Cultivando, milho, mandioca, abóbora e cana de açúcar, Francisco, ainda explora uma agroindústria de rapadura.

Diz ele com orgulho, “agora posso recorrer aos bancos oficiais buscando recursos para melhorar minha produção”. É verdade, Francisco também receberá equipamentos da Seagri para ampliar sua agroindústria que na atualidade produz 60 unidades de rapadura por semana para atender Urupá e região.

Romilda Rouxinol dos Santos, antes de receber seu título ao lado do marido Clodonil Alves da Silva, falava entusiasmada que agora vai produzir mais tranquila na sua área de 10 alqueires, onde cria galinhas, porcos e cultiva inhame milho, mandiocae arroz para subsistência. Com o filho de 2 anos Carlos Eduardo nos braços Clodonil Alves da Silva, elogiava o programa de regularização desenvolvido pelo Governo do Estado.

A emoção tomou conta de cada pequeno produtor rural, que muitos deles esperavam a mais de 15 e anos para ser dono de seu próprio lote. A uma expectativa positiva em relação às futuras entregas de títulos aos produtores rurais do projeto assentamento Martim Pescador.

Texto e fotos: José Luiz Alves
Fonte: Assessoria Seagri

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Rondônia Manchete
www.rondoniamanchete.com.br