Agricultura familiar é incentivada em 13 assentamentos de Nova Mamoré

jul 8 • Agricultura • 270 Visualizações • Nenhum comentário em Agricultura familiar é incentivada em 13 assentamentos de Nova Mamoré

Mais de quatro mil famílias de pequenos e médios produtores rurais, ligadas à agricultura familiar, produzindo gêneros de primeira em 13 assentamentos no município de Nova Mamoré, recebem apoio do governo do estado. No primeiro trimestre de 2016, foram liberados para o município R$ 4 milhões pelo Banco da Amazônia, através do Programa Nacional de Apoio Agricultura Familiar (Pronaf).

De acordo com o gerente regional da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO) em Nova Mamoré, Ednaldo França, o Jacaré, nessa segunda-feira (13) foi agendada a presença do superintendente do Banco da Amazônia, Wilson Evaristo, para liberar mais R$ 4 milhões em projetos já aprovados para outros pequenos e médios produtores rurais, totalizando uma injeção de R$ 8 milhões na economia do município.

A produção de milho, arroz, mandioca, café, leite, melancia, banana, abacaxi, abóboras, morangas peixes, hortifrutigranjeiros e pequenos animais são destaques nos distritos de Nova Dimensão, Palmeiras, Jacinópolis e Araras. No município existem três agroindústrias legalizadas e outras três em processo de implantação. A produção de mandioca, o que não é transformada em farinha de mesa é comercializada em Porto Velho, assim como as melancias e queijos.

Uma parceria entre a Emater-RO, prefeitura, sindicato rural e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) vem apresentando ótimos resultados para o município de Nova Mamoré. Somente neste primeiro trimestre, foram realizados pelo Senar 34 cursos orientando e profissionalizando dezenas de jovens e adultos na confecção de doces, salgados, embutidos, e trabalhos manuais para as mulheres visando melhorar a renda familiar.

Os 45 mototaxistas, a maioria pequenos produtores rurais, participaram da parceria transportando até as propriedades mais distantes, os documentos para regularizar o Cadastro Ambiental Rural (CAR), sem custos para a prefeitura, sindicato rural e Emater. Em Nova Mamoré, mais de 85% dos agricultores de acordo com o presidente do sindicato rural, Emerson Lira, já estão com suas áreas regularizadas.

No último final de semana, o presidente do sindicato rural, Emerson Lira; o vice-presidente, Natal Feliciano; e Ednaldo França da Emater comemoraram a conclusão do curso de rédea e casqueamento, ministrado na Linha 7 quilômetro 15 do Ribeirão para 13 alunos filhos de produtores rurais. A prefeitura e o Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) conseguem manter as rodovias vicinais para onde escoa a produção do município em boas condições tráfego.


Fonte
Texto: José Luiz Alves
Fotos: José Luiz Alves
Secom – Governo de Rondônia

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »