Ceplac tem projeto para potencializar produção de cacau em Rondônia

ago 17 • Agricultura • 227 Visualizações • Nenhum comentário em Ceplac tem projeto para potencializar produção de cacau em Rondônia

Rondônia faz parte do programa estratégico para potencializar a produção de cacau realizado pela Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac).  O anúncio  foi feito pelo diretor-geral do órgão, Sérgio Murilo Correa, ao governador Confúcio Moura, no Palácio Rio Madeira. Diante da queda de até 80% da produção mundial do produto, o estado apresenta vantagens que devem ser aproveitadas.

Sergio Murilo Correa, que estava acompanhado de Cacildo Viana, superintendente  regional da Ceplac; Alberto Quintans, coordenador de Pesquisa e Extensão Rural; Nemésio Guedes, superintendente adjunto; e Isaias Neto, assessor técnico, disse que o órgão domina a tecnologia da produção de cacau, e que reúne especialistas reconhecidos em todo o mundo.

Audiência com o Diretor Geral da Ceplac, Dr Sérgio Murilo  Cacauicultura Rondoniense Momento atual e perspectivas.

Audiência do governador Confúcio Moura e direção da Ceplac

A Ceplac, conforme Sérgio Murilo, mandou para Rondônia clones de variedades da melhor qualidade e altíssima resistência a pragas.  O material está espalhado por 30 unidades de demonstração existentes no estado. Também vieram especialistas para avaliar o desenvolvimento das plantas e a adaptação aos solo.

Rondônia já passou por um período em que a produtividade do cacau era destaque no País. Fatores, como as pragas e falta de incentivo, contribuíram para que a cultura fosse reduzida. A meta do governo estadual, entretanto, é retomar o processo e tornar a cacauicultura mais uma frente de riquezas na região.

Sobre os resultados da pesquisa, Sérgio Murilo foi cauteloso:  “É preciso ter paciência. Trabalhamos com cautela e prudência técnica para assegurar o sucesso da produção”,  esclareceu.

As variedades se desenvolveram com sucesso na Bahia e passam por avaliação em Rondônia para que seja atestada a viabilidade, uma vez que o clima e o solo são diferentes.

COMPROMISSO

O compromisso da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO) com os investimentos na produção de cacau foram assegurados ao governador. “Vamos capacitar os técnicos da Emater e trabalhar com a Secretaria de Agricultura”, afirmou.

Incentivador da produção do cacau em Rondônia, o governador Confúcio Moura disse que quer ver o projeto ser concluído com  sucesso e contagiar agricultores de todo o estado. “Sempre acreditei no sucesso do cacau, inclusive nos momentos em que a produção entrou em declínio”, destacou.

Confúcio também comentou sobre a crise mundial iminente de cacau e a importância estratégica desta cultura para Rondônia.

A previsão de Sérgio Murilo é de que a produção de cacau tenha queda de até 80% nos próximos anos em decorrência de fatos climáticos. A Amazônia e, consequentemente, Rondônia apresentam circunstâncias favoráveis e que podem abastecer a demanda internacional.

Para atender à necessidade dos países consumidores, entretanto, são necessários a implantação das modernas técnicas de produção e arranjos de campo para potencializar a produção.

O superintendente regional da Ceplac, Cacildo Viana, anunciou que um grande grupo europeu quer investir no plantio de cacau em Rondônia. Segundo ele, os primeiros contatos com autoridades locais devem iniciar nos próximos dias.

Leia mais:

Governo de Rondônia e produtores rurais criam Câmara Setorial Cacau para desenvolver o cultivo no estado


Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Bruno Corsino
Secom – Governo de Rondônia

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Rondônia Manchete
www.rondoniamanchete.com.br