Aeroporto de Ji-Paraná liberado para voos comerciais

nov 19 • Destaque • 1349 Visualizações • Nenhum comentário em Aeroporto de Ji-Paraná liberado para voos comerciais

Desde a última sexta-feira (15-11) o aeroporto de Ji-Paraná, o José Coleto, está liberado para voos comerciais. O governo estadual cumpriu o prazo de 60 dias de trabalho para a reconstrução da pista de pouso e decolagem (aeródromo) do José Coleto, permitindo que empresas interessadas em operar em Ji-Paraná possam restabelecer os serviços.

O diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), engenheiro Lucio Mosquini, explica que empresas estavam deixando de operar no aeroporto de Ji-Paraná, por causa das condições precárias da pista. “O governador Confúcio Moura autorizou o DER a executar a restauração completa da pista de pouso de decolagem. O serviço foi executado e está sendo entregue à população”, frisa Mosquini.

A obra foi executada de acordo com as exigências da ANAC, e com os cálculos de pavimento da Federal Aviation Administration (FAA), entidade governamental dos Estados Unidos responsável pelos regulamentos e todos os aspectos da aviação civil nos Estados Unidos. “O DER seguiu à risca as exigências, tudo acompanhado pelo engenheiro Humberto Fayal, especializado no setor aeroportuário”, detalha Rodrigo Viana, diretor-executivo do Departamento e coordenador da restauração da pista.

O engenheiro ressalta que o governo solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a interdição da pista do último dia 15 de setembro até 15 de novembro. Afirma, ainda, que o governo prometeu realizar a recuperação da pista neste prazo e liberá-la para os voos comerciais.

Administração direta

Lucio Mosquini destaca que os trabalhos são executados por administração direta (máquinas, equipamentos e servidores próprios), representando economia aos cofres do Estado e rapidez na execução dos serviços. “O governador Confúcio Moura estruturou o parque de máquinas do DER com cerca de R$ 90 milhões de investimento em menos de três anos. Por isso temos condições de executar obras como esta”, explanou.

O engenheiro frisa, porém, que a pista de pouso e decolagem do José Coleto tem 1.800 metros de extensão. O DER concluiu 1.400 metros da pista, o suficiente para a operação de aeronaves do tipo ATR-72, com capacidade para 70 passageiros. Mosquini ressalta, ainda, que este mesmo tipo de aeronave já operava no aeroporto de Ji-Paraná antes da suspensão das operações de pouso e decolagem. “Dentro de 10 dias concluiremos 100% da restauração. Mas, o importante é que o aeroporto já pode retomar suas atividades nesta sexta-feira (15-11).

 

 

Fonte:Assessoria

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »