Corumbiara:Ex-secretário e mais 2 foram presos durante operação

out 14 • Destaque • 1035 Visualizações • Nenhum comentário em Corumbiara:Ex-secretário e mais 2 foram presos durante operação

Três pessoas foram presas durante a Operação Cadente realizada pelo Ministério Público de Rondônia (MP-RO) na última terça-feira (13) em Corumbiara (RO). Os detidos são dois ex-servidores públicos e um empresário. Eles são suspeitos de envolvimento em uma associação criminosa instalada na prefeitura. Além dos mandados de prisão temporária, cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos em parceria com as polícias Civil e Militar.
As investigações apontam que o esquema de fraude contava com a participação do ex-secretário municipal de Obras Antôno Alves de Macedo, o chefe da Comissão de Permanente de Licitação Evandro Luis Santos e o empresário Edson Ferreira Franco. Os três foram presos durante a operação. Os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil e posteriormente para a Casa de Detenção de Cerejeiras. O caso corre em segredo de Justiça.
Mandados de busca e apreensão foram cumpridos na prefeitura (Foto: Polícia Civil/ Divulgação)
Dono de empresa responsável pela obras também
foi preso (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
O MP-RO de Cerejeiras, responsável pela operação, informou que a investigação teve início após suspeitas de irregularidades na contratação da E.F. Franco, a Peke Pinturas e Construções, que seria responsável por executar obras de cascalhamento e recuperação de vias na zona rural do município. O estabelecimento é de propriedade de Edson Franco.
O órgão aponta ainda que caminhões da Peke, contratados para executar o serviço, não haviam prestado os serviços, mas recebeu de forma integral pelas obras. O valor total da contratação foi de mais de R$ 210 mil.
Conforme o MP-RO, o responsável pela comissão de licitação da prefeitura era também o representante da empresa em várias licitações concorridas em municípios do Cone Sul. Evandro Luis também teria presidido o processo licitatório em que, de forma fraudulenta, a empresa foi escolhida para a prestação de serviços. Já o ex-secretário municipal de Obras Antônio Alves seria o responsável por autorizar o pagamento de serviços inexistentes.

Os mandados de busca e apreensão foram efetuados nas casas dos envolvidos na empresa citada na investigação e no setor de licitações da Prefeitura de Corumbiara.

Os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Cerejeiras, e depois para a Casa de Detenção. O MP-RO informou que o ex-secretário e o responsável pela CPL foram interrogados. O dono da empresa ainda será ouvido.

A assessoria jurídica da Prefeitura de Corumbiara afirma que após a finalização dos inquéritos policiais, uma sindicância será instaurada para apurar as denúncias. Após a operação, o chefe da CPL.

Ao G1, o advogado Gilvan Rocha Filho que representa Antônio e Evandro disse que está analisando os processos para tomar as medidas cabíveis pertinentes aos casos.

O advogado que representa o empresário Edson não foi localizado para comentar sobre o assunto.

Operação Cadente
O MP-RO realizou na manhã de terça-feira (13) uma operação contra uma suposta associação criminosa instalada na Prefeitura de Corumbiara (RO). Há suspeitos que os investigados tenham cometido crimes de falsidade ideológica, uso de documento falso, fraude a licitação e peculato.

Segundo o MP-RO, o nome da operação é Cadente, pois se refere a alago que está em pela queda.

 

Fonte:G1

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »