Exclusivo: Primo do atual prefeito de Candeias tramou morte de Chico Pernambuco

maio 8 • Destaque, Polícia02, Todas as Notícias • 564 Visualizações • Nenhum comentário em Exclusivo: Primo do atual prefeito de Candeias tramou morte de Chico Pernambuco

Katsumi Yuji Ikenohuchi Lema, primo do atual prefeito de Candeias do Jamari, Luiz Ikenohuchi, tramou a morte do ex-prefeito Francisco Vicente de Souza (PSB), o “Chico Pernambuco”, acredita a Polícia Civil de Rondônia. Ele está foragido, mas os demais envolvidos no crime, Marcos Ventura Brito, Willian Costa Ferreira, Henrique Ribeiro de Oliveira e Diego Nagata Conceição foram presos durante a Operação Brutus, comandada pela delegada Keity Mota Soares.

Katsumi Ikenohuchi negociou diretamente com Marcos a morte do ex-prefeito porque Chico Pernambuco não cumpriu acordos realizados durante a campanha eleitoral. Antes da eleição, Chico Pernambuco teria negociado com o grupo do vice-prefeito que cederia a eles as secretarias de Educação e Agricultura em troca de R$ 300 mil para a campanha. Após eleito, o prefeito não cumpriu, mas pressionado concordou que o vice e seus parentes indicassem titulares das secretarias de Ambiente e Educação, mas não indicariam os demais assessores.

No entanto, de acordo com a Polícia, o estopim para a morte de Chico Pernambuco foi em 7 de março, quando o então prefeito teria interferido em uma licitação contrária aos interesses da família do vice.

A Polícia conseguiu chegar ao nome de Marcos porque o Denarc já o investigava por tráfico. Conversas entre Marcos e Katsumi foram gravadas. Segundo o que foi apurado, Marcos negociou o homicídio por R$ 50 mil.

Nesta terça-feira, a delegada Keity Mota Soares concede entrevista coletiva às 8 horas para detalhar as investigações.

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Rondônia Manchete
www.rondoniamanchete.com.br