Gêmea de 2 anos atropelada por trator tem perna amputada em Ariquemes

mar 16 • Destaque • 670 Visualizações • Nenhum comentário em Gêmea de 2 anos atropelada por trator tem perna amputada em Ariquemes

Segundo tia, amputação foi feita por causa da gravidade dos ferimentos. Irmã de menina está em estado estável em hospital de Ariquemes.

Uma das gêmeas de 2 anos atropeladas por uma pá carregadeira, que estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), teve a perna amputada durante uma cirurgia na tarde desta terça-feira (15), em Porto Velho. De acordo com a tia da menina, Beatriz Almeida, a perna de Maria Izabel precisou ser amputada por causa da gravidade dos ferimentos, pois teve múltiplas fraturas no acidente. Já Maria Eduarda permanece com quadro estável de saúde em um hospital de Ariquemes (RO).

Em entrevista ao G1, a tia contou que mesmo com a operação acontecendo normalmente, Maria Izabel continua na UTI do hospital Cosme e Damião, na capital. “Agora é só um milagre”, diz. Segundo ela, a criança está sendo acompanhada pela avó e pela mãe, que estão em estado de choque.

Já a irmã gêmea, Maria Eduarda, que também teve as pernas atingidas pelo trator, está se recuperando em um hospital particular de Ariquemes. “Ela sente muita dor. Tiramos ela do hospital público e levamos para o particular para ter uma melhor  atenção”, diz.

Além das duas crianças, a tia delas foi atingida pelo maquinário. “Vinha caminhando com elas na lateral da rua. Eu estava no canto da rua e elas ao meu lado de mãos dadas. De repente, senti uma batida na minha cabeça. Quando vi estava caída entre as rodas do trator e minhas sobrinhas estavam muito machucadas”, relata Franciele Santos Souza, que é responsável por buscar as gêmeas Maria Eduarda e Maria Izabel Vieira dos Santos na creche.

O serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado após o acidente e socorreu as vítimas. A tia das meninas sofreu escoriações leves e a gêmea Maria Eduarda sofreu uma grave lesão no pé esquerdo.

Maria Izabel por três cirurgias no quadril e na perna direita, na madrugada desta terça-feira (15). A criança segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Infantil Cosme e Damião. O estado de saúde dela é considerado grave, segundo o fisioterapeuta da unidade hospitalar, Daniel de Almeida.

Motorista
Após o acidente, o condutor do trator, um homem de 35 anos, foi conduzido à Delegacia do município. De acordo com o delegado Ricardo Rodrigues, que ouviu o depoimento dele, o homem disse que trafegava na rua e alegou não ter visto as crianças na lateral da via. “Ele contou que apenas ouviu um barulho e parou o trator. Foi quando percebeu o que havia acontecido”, disse o delegado.

O delegado disse ainda que o homem acionou o socorro para as vítimas e ainda chamou a Polícia Militar (PM). Ele saiu de perto do local, logo após o socorro chegar. “Ele saiu porque ficou temendo que a família das crianças pudesse fazer algo contra ele, devido ao atropelamento, mas ele prestou todo o suporte necessário”, assegurou Rodrigues.

Conforme a Polícia Civil, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor está vencida há 30 dias e, por esse fato, ele assinou um Termo Circunstanciado. O homem deve responder por lesão corporal culposa. Ele foi ouvido e liberado em seguida.

 

Fonte:G1

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »