Motorista de táxi deve ser indiciado por homicídio após mortes em RO

jul 23 • Destaque • 1093 Visualizações • Nenhum comentário em Motorista de táxi deve ser indiciado por homicídio após mortes em RO

O motorista do táxi envolvido em um acidente que matou dois jovens de 18 anos na madrugada do último domingo (20) na BR-364, em Presidente Médici (RO), pode responder por homicídio doloso, quando há intenção de matar. Segundo a Polícia Civil, o teste do bafômetro foi realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e acusou 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido.

Ao G1, o delegado Evandro Kovalhulk, explicou que o taxista responderá por dirigir sob efeito de álcool e poderá ser indiciado por homicídio culposo ou doloso, dependendo do que apontarem as investigações. “O motorista será ouvido após sair do hospital. Já estamos procurando testemunhas do acidente que juntamente com o laudo pericial e outras vertentes do inquérito poderão levar o suspeito a responder por homicídio em uma das esferas possíveis”, falou.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o teste do bafômetro, realizado no Hospital Municipal de Presidente Médici mais de duas horas após o acidente, acusou a ingestão de bebida alcoólica pelo taxista.

O acidente
Dois motociclistas de 18 anos morreram após serem atingidos por um taxista embriagado, que invadiu a contramão, na altura do quilômetro 26 da BR-364, em Presidente Médici, distante cerca de 400 quilômetros de Porto Velho. A PRF informou que os jovens eram primos e não possuíam Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
 

Fonte:G1

 

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »