9 cafeicultores de RO são finalistas de concurso internacional em MG

nov 15 • Destaque, Economia • 247 Visualizações • Nenhum comentário em 9 cafeicultores de RO são finalistas de concurso internacional em MG

Nove cafeicultores de Rondônia são finalistas do concurso “Coffe of The Year 2019”, que elege os melhores cafés arábica e canéfora do Brasil. No total, 30 cafés foram classificados. O resultado final será anunciado durante a Semana Internacional do Café, que acontecerá em Belo Horizonte (MG) entre os dias 20 e 22 de novembro.

Os finalistas de Rondônia são:

ProdutoresMunicípio
Wilson Nakodah SuruíCacoal
Alex Marques de LimaAlto Alegre dos Parecis
Dione Mendes BentoCacoal
Elivelton BonfanteNova Brasilândia D’Oeste
Leandro Dias MartinsRolim de Moura
Poliana Perrut de LimaNovo Horizonte D’Oeste
Ronaldo da Silva BentoCacoal
Rozeli Joventina da SilvaSão Miguel do Guaporé
Nilton Marques de LimaAlto Alegre dos Parecis

Fonte: Coffee of The Year 2019

‘Coffee of The Year’

Criado em 2012, o concurso e a premiação Coffee of The Year (COY) objetiva eleger os melhores cafés arábica e canéfora do Brasil através do voto popular e avaliação de juízes nacionais.

De acordo com a organização, a seletiva ajuda a incentivar “o desenvolvimento e aprimoramento da produção nacional e a divulgação de novas origens do café”.

'Coffee of The Year' 2019 acontece no fim de novembro em Belo Horizonte (MG).  — Foto: Semana Internacional do Café/Divulgação

‘Coffee of The Year’ 2019 acontece no fim de novembro em Belo Horizonte (MG). — Foto: Semana Internacional do Café/Divulgação

No total, o COY conta com duas fases. Na primeira, segundo a organização, os candidatos enviam as amostras, que são torradas e provadas por profissionais Q-Graders licenciados pelo CQI (Coffee Quality Institute).

Já na segunda parte, são selecionadas as 180 melhores amostras, que participam das mesas de cupping e são provadas por compradores nacionais e internacionais.

Ainda conforme a organização, destas amostras, as 15 melhores classificadas são preparadas e disponibilizadas para degustação às cegas e voto do público (10 amostras de arábica e 5 de canéfora). A revelação e premiação do melhor café do ano, que ocorre no último dia do evento, é aberta ao público.

Fonte: G1/RO

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »