Petrobras puxa queda da Bovespa após perder grau de investimento

fev 26 • Economia • 1052 Visualizações • Nenhum comentário em Petrobras puxa queda da Bovespa após perder grau de investimento

A Bovespa fechou em baixa nesta quarta-feira (25), puxada pelas ações da Petrobras, após a agência de classificação de risco Moody’s rebaixar a estatal ao grau especulativo.

O Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, caiu 0,12%, a 51.811 pontos. Veja cotação.

O Ibovespa, no entanto, se afastou das mínimas registradas durante o pregão no final da sessão. No pior momento do dia, a queda chegou a 1,59%, segundo a Reuters. A recuperação foi puxada principalmente pelas empresas do setor de educação.

A Petrobras se destacou entre as maiores perdas do dia. As ações ordinárias caíram 4,51%, a R$ 9,30, e as preferenciais recuaram 4,86%, a R$ 9,38, segundo a Bovespa. No pior momento do pregão, os papéis chegaram a cair 9%, de acordo com a Reuters.

Na terça-feira, a Moody’s cortou o rating da dívida em moeda estrangeira da Petrobras em dois degraus, de “Baa3” para “Ba2”, citando as investigações sobre corrupção e pressões de liquidez que podem resultar no atraso da divulgação das demonstrações financeiras auditadas. A agência de risco manteve o rating da petroleira em revisão para novo rebaixamento.

Qualquer revés financeiro envolvendo a Petrobras tem potencial de impacto significativo na economia brasileira como um todo, dada a relevância da empresa e de toda a cadeia de óleo e gás para o Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

O Banco do Brasil também pesou negativamente, após o Goldman Sachs citar que cortes de investimentos da Petrobras podem afetar a qualidade dos empréstimos dos bancos brasileiros.

A decisão da Moody’s também ofuscou notícias positivas da temporada de balanços, como os resultados do último trimestre de Telefônica Brasil e da Multiplan, que sustentavam as respectivas ações na ponta positiva do Ibovespa.

Protesto dos caminhoneiros
Investidores seguiram atentos aosprotestos de caminhoneiros no país contra baixos preços de frete e custos elevados com combustíveis. Desde a semana passada, o bloqueio de estradas por caminhoneiros tem afetado o transporte de mercadorias em portos e rodovias. Os manifestantes protestam, entre outros motivos, contra o aumento no preço do litro do óleo diesel e contra o valor dos fretes, considerado baixo pela categoria.

Em e-mail a clientes, o Banco Espirito Santo Investimentos avaliou a BRF como a mais afetada por ter fábricas em todas as regiões com rodovias bloqueadas.

Dólar
O dólar fechou em alta nesta quarta, após a Moody’s rebaixar a Petrobras ao grau especulativo, o que diminui ainda mais a atratividade de ativos brasileiros e piora a perspectiva de recuperação econômica do país.

A moeda norte-americana avançou 1,22%, a R$ 2,8681 na venda, depois de cair mais de 1,5% na sessão anterior em reação ao discurso da chair do Federal Reserve, Janet Yellen, em comitê do Senado dos Estados Unidos. Veja cotação.

Fonte:G1

 

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »