Aluna de Espigão Do Oeste vence Olimpíada de Língua Portuguesa

dez 28 • Educação, Geral, Todas as Notícias • 214 Visualizações • Nenhum comentário em Aluna de Espigão Do Oeste vence Olimpíada de Língua Portuguesa

A aluna Karoline Vitória de Souza, do 7º ano do Ensino Fundamental, foi um dos vencedores da Olimpíada de Língua Portuguesa na categoria Memórias Literárias, com o texto “Paralelo 11: do cocar vermelho ao pé de jatobá”. A estudante e seu professor, Alan Francisco Gonçalves Souza, são da Escola Estadual Jerris Adriani Turatti, do município de Espigão do Oeste.
A Olimpíada de Língua Portuguesa, promovida pelo Itaú Social e Ministério da Educação (MEC), reconheceu 20 produções de todas as regiões do país, quatro em cada categoria: poema (5º ano do Ensino Fundamental), memórias literárias (6º e 7º anos), crônica (8º e 9º anos), documentário (1º ano do Ensino Médio) e artigo de opinião (3º ano do Ensino Médio).

saiba mais

 27/12/2019

Governo quer coibir pirataria em comércio eletrônico

 27/12/2019

Lei de licenciamento ambiental aguarda votação na CCJ do Senado

 27/12/2019

Criminalização de incitação ao suicídio é sancionada

Com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), a Olimpíada de Língua Portuguesa tem como objetivo apoiar os professores da rede pública no aprimoramento das práticas de ensino de leitura e escrita. A partir da metodologia do Programa Escrevendo o Futuro, os professores realizam as oficinas de produção de texto com seus alunos.
O concurso se iniciou em fevereiro, com a abertura das inscrições para professores e alunos. Recebeu 171.037 inscrições de todos os estados e teve adesão de 87,5% dos municípios brasileiros – total de 4.876 cidades. A principal novidade foi a inclusão do gênero documentário para alunos do 1º e 2º anos do Ensino Médio.
Em 2019, a Olimpíada passou também a homenagear autores brasileiros, sendo nesta edição a escritora mineira Conceição Evaristo. Houve novidades também entre as premiações, que passaram a incluir imersão pedagógica internacional para os professores e viagem cultural em território brasileiro para os estudantes. As escolas dos alunos vencedores receberão como prêmio acervo para reforço da biblioteca. Os professores também concorreram na categoria Relato de Prática

Com informações assessoria

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »