Casas populares em construção são invadidas em Monte Negro, RO

nov 16 • Geral, Todas as Notícias • 54 Visualizações • Nenhum comentário em Casas populares em construção são invadidas em Monte Negro, RO

Quarenta casas em construção do projeto Minha Casa Minha Vida em Monte Negro (RO), no Vale do Jamari, foram invadidas na quinta-feira (15). Os beneficiários assinaram os contratos, mas as obras foram paralisadas em 2015. Os ocupantes disseram que estão passando por dificuldades e não têm condições de pagar aluguel.

A ocorrência foi registrada na manhã de sexta-feira (16) após a Polícia Militar (PM), juntamente com assistentes sociais, irem até o conjunto habitacional e confirmar a informação da ocupação das 40 casas em construção. De acordo com a ocorrência, aproximadamente 80 pessoas ocuparam as residências alegando dificuldades financeiras.

Por telefone, a assistente social Bernadina de Jesus Lima disse ao G1 que a obra é do Governo Federal e a Prefeitura cedeu o terreno para construção e ficou incumbida pela fiscalização, mas que em 2015, com as casas em fase de acabamento, a empresa parou a construção alegando falta de pagamento. Desde então, vândalos têm depredado e saqueado as construções.

A assistente social falou ainda que os invasores não são os contemplados pelo programa, ressaltando que os ocupantes colocaram o nome deles nas residências. Ela disse que com o registro da ocorrência, será anexado o contrato assinado pelos beneficiários e repassado ao jurídico para entrar com o pedido de reintegração de posse.

“Agora vamos anexar os contratos assinados entre o Governo do Estado e os beneficiários do projeto, e repassar ao jurídico da prefeitura para na próxima semana entrar com o pedido de reintegração de posse da área”, explica Bernardina.

Devido o pequeno efetivo, os policiais foram orientados a aguardarem a ordem de reintegração de posse a ser expedida pelo juiz.

Fonte:G1

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »