Crânio furtado de cemitério em Vale do Anari, RO, é devolvido à família

set 10 • Geral • 1230 Visualizações • Nenhum comentário em Crânio furtado de cemitério em Vale do Anari, RO, é devolvido à família

A Polícia Civil de Machadinho D’Oeste (RO) cofirmou que o crânio humano encontrado em Ariquemes (RO) na semana passada é o mesmo furtado do Cemitério Municipal de Vale do Anari no último dia 30 de agosto. O crânio foi devolvido à família da idosa Maria Carvalho da Costa, de 86 anos, sepultada no dia 12 de agosto deste ano.

O agricultor Leandro do Nascimento, de 31 anos, neto de Maria, conta que a família ficou surpresa com a notícia do furto no cemitério e ficaram ansiosos para que o crânio fosse encontrado. Ele explica que a idosa morreu em casa de causas naturais.  “Acreditamos que ela tinha mais de 100 anos, pois ela foi registrada apenas para casar. Ela era uma pessoa feliz, alegre. As pessoas que fizeram isso devem responder, pois se deve ter respeito pelos entes queridos”, enfatiza o agricultor.

 

O crânio foi encontrado num terreiro de candomblé e a polícia continua com as investigações. Conforme o delegado Sérgio Seizo Toma, o pai de santo foi ouvido na segunda-feira (8) e disse não saber que o crânio estava no local. No depoimento, ele afirmou acreditar que a cabeça tenha sido colocada por terceiros.

Além disso, o delegado explica que um outro suspeito, um homem que comprou o crânio, admitiu que mentiu quando fez a encomenda ao autônomo de 57 anos, indiciado por subtração de cadáver. “Ele disse que estudava medicina quando ofereceu dinheiro para o homem furtar o crânio do cemitério. Ainda estamos averiguando as motivações do crime”, conclui.

Entenda o caso
Na noite do dia 30 de agosto, um homem de 57 anos que trabalhava como autônomo construindo sepulturas no Cemitério Municipal do Vale do Anari, cavou o túmulo da idosa Maria Carvalho da Costa e retirou o crânio. Ele contou à polícia que um estudante de medicina teria encomendado o serviço e teria lhe pago a quantia de R$ 500.

 

Fonte:G1

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »