Cristãos evangélicos já são 8 milhões no México

fev 12 • Geral • 734 Visualizações • Nenhum comentário em Cristãos evangélicos já são 8 milhões no México

No último censo realizado pela INEGI informa que no México a Igreja Católica Romana esta paulatinamente perdendo terreno para outras religiões. Já são quase 9% da população confessam a fé cristã evangélica e a diversidade religiosa tende a crescer no país.

Em 1900, a população católica alcançou o número máximo de fiéis no México, 99,5% do total da população confessava ser da religião católica. Em 2010, menos de 83% da população se identificaram como católicos, enquanto que as religiões evangélicas estavam se consolidado neste caldeirão cultural.

O censo mostra que é quase 15% da população que professa uma religião diferente da maioria, e de acordo com a tendencia vai continuar crescendo esta diversidade religiosa no país.

No documento intitulado Panorama das Religiões de 2010, INEGI disse que 92 milhões mexicanos são católicos, seguido por um bloco chamado “protestantes / pentecostais / Cristã / Evangélica”, que inclui 8 milhões.

O número de pessoas que se identificaram como irreligiosos alcances de 5 milhões 262 mil 546 mexicanos, e aqueles que não especificou suas crenças religiosas são pouco mais de 3 milhões de pessoas.

O islamismo é a religião de menor penetração no México, dos 3 mil, apenas 760 dos entrevistados disseram rezar várias vezes ao dia em direção a Meca e ler o Alcorão regularmente.

Segundo a Pesquisa Nacional de Prevenção a Discriminação no México, 78% dos católicos se dizem rejeitados por conta de seus direitos não serem respeitados devido a sua religião, em comparação aos 68,3% das minorias religiosas registradas.

Em algumas regiões no México existem conflitos de ordem religiosa e a Pequisa Nacional para Prevenir a Discriminação afirma que “quase 3 em cada 10 pessoas que pertencem a uma minoria religiosa sentem que o seu principal problema é a rejeição, falta de aceitação, discriminação e desigualdade. Uma proporção semelhante acha que seu principal problema é a zombaria, críticas e falta de respeito. “

Promover a convivência e a tolerância religiosa no México ficará a cargo para o atual governo e os subsequentes.

O evangelho se espalhou lentamente no México que tem uma forte tradição no catolicismo, onde ainda hoje muitos cristãos evangélicos que pertencem a grupos aborígenes sofrem perseguição por causa de sua fé, em regiões do estado de Chiapas e em outras partes do país.

De acordo com um relatório do INEGI, em 2000 a população evangélica representava 5,26% da população mexicana, mas em 2010 este número subiu para 7,68%.

 

Fonte: Infor Gospel

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »