Morre cadela que viveu dois anos no túmulo do dono no DF

fev 15 • Geral • 1496 Visualizações • Nenhum comentário em Morre cadela que viveu dois anos no túmulo do dono no DF

Morreu na tarde desta sexta-feira a cadela Branquinha, que durante dois anos viveu no túmulo do dono em um cemitério do Distrito Federal. A cadela havia sido vista pela estudante Monique Ferreira Buarque, de 21 anos, quando visitava o túmulo da avó. Ele acionou amigos, que resgataram o animal.

Por uma rede social, a estudante disse que Branquinha vinha se recuperando bem e aparentava estar “muito feliz”. “Porém, de ontem [quinta] para hoje [sexta], ela veio a vomitar muito e acabou tendo uma convulsão. Ainda não tenho informação sobre a real causa da morte dela, mas aviso para vocês em breve”, escreveu.

Depois que o caso da cadela foi noticiado, mais de cem pessoas se candidataram para  adotar o animal. Branquinha morava havia dois anos no cemitério de Sobradinho II e era alimentada pelos jardineiros e coveiros do local.

Depois de ter sido resgatada, ela foi levada para a casa de um veterinário, que estava cuidando dela. A cadela estava com feridas nas patas e abaixo do peso. Para custear o tratamento dela, uma rifa de um celular havia sido aberta na internet.

 

Fonte:G1

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »