PADRE FÁBIO DE MELO CHORA PELAS DECLARAÇÕES DOS FIEIS!!

Maio 2 • Gospel • 1669 Visualizações • Nenhum comentário em PADRE FÁBIO DE MELO CHORA PELAS DECLARAÇÕES DOS FIEIS!!

O que restou para o Padre mais querido do Brasil Fábio Melo foi chorar, e cair em uma tristeza sem fim, depois de palavras de humilhação vindas dos seus fieis.

A humilhação foi que alguns fieis o consideraram um ex-padre, por declarações que ele haveria feito que ao ver dos fieis não foram aceitas, e por isso ele foi excomungado.

Os católicos viram como uma blasfêmia a critica que o padre fez a Maria e dizer que “quem salva é Deus e não Maria, Maria era humana e não pode salvar ninguém” argumentou o Padre.

Os fieis foram duros e colocaram em duvidas a crença do padre, mas ele sempre teve propriedade em dizer o que disse.

Em um dos comentários de um fiel, o homem disse revoltado que o padre estaria falando por si e que não estaria representando em nada a igreja católica, ”Ele não nos representa!” dispara o católico inconformado.

Os católicos ficaram revoltados pelo fato de que o padre ser um grande conhecedor da palavra, e o assunto foi acabar com a intervenção do Padre São francisco que falou , ”o Padre Fábio de Melo não ama Maria”, e fazendo uma ressalva ele completa, É UM ÓRFÃO, QUEM NÃO AMA MARIA.”

O padre depois de lágrimas e tristeza pelo ocorrido, pediu aos fieis para que não deixem que o cristianismo seja por baixo nivelado no Brasil.

O que ele tem esperança é que a se mude a mentalidade do povo, e afirma que “É Jesus que nos salva, ele é nosso único salvador e nos liberta.

Em seu programa de televisão na Canção Nova, disse ainda que: “Os evangélicos estão anos luz a frente dos católicos, quando se fala em conhecimento da Palavra de Deus, pois eles se dispõem a estudar a Bíblia através das escola bíblicas dominicais. Sou apaixonado pelo movimento carismático dentro da Igreja Católica, pois está nos trazendo para essa realidade”.

Fonte: Universo on line/aquivocevemais

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »