Pastor é agredido por policiais militares a socos e pontapés enquanto `orava pela comunidade

nov 1 • Gospel • 1589 Visualizações • Nenhum comentário em Pastor é agredido por policiais militares a socos e pontapés enquanto `orava pela comunidade

De acordo com um irmão da vítima, é um hábito do pastor entrar no aterro sanitário da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), no bairro Conjunto Jardim Filadélfia, parar orar em agradecimento à sua vida e interceder pelas pessoas próximas.

“Ele sempre vai lá agradecer pela sua vida e pela vida da família. Além disso, ele sempre pede proteção para as outras pessoas”, disse Antônio Carlos Gomes da Silva, irmão do pastor.

Segundo informações do jornal O Tempo, a equipe da PM entrou no aterro sanitário com autorização dos seguranças do local e ao encontrar o pastor orando, jogaram sua Bíblia no chão e passaram a agredi-lo com socos e chutes, e depois foram embora.

“Muito machucado, meu irmão conseguiu chegar em casa. Acionamos o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) e ele foi encaminhado ao Hospital Municipal Odilon Behrens, onde foi medicado e liberado. Ele teve cortes na boca”, explicou Antônio.

Enquanto o pastor era socorrido, outra viatura foi acionada e os PMs registraram a ocorrência como lesão corporal. Antônio Carlos afirmou que uma equipe da Corregedoria da Polícia Militar acompanhou o caso, e fará investigações. “Ainda não sabemos o que vai acontecer, mas vamos entrar na Justiça. Esses covardes devem ser punidos. Meu irmão é pai de família, trabalhador e querido por todos. Ele não merecia passar por isso”, desabafou.

 

A reportagem do jornal O Tempo ouviu a Polícia Civil e constatou que o pastor não tem antecedentes criminais, e que no Boletim de Ocorrência consta a informação de que a Corregedoria da PM foi noticiada do ocorrido.

O tenente-coronel responsável pelo 34º Batalhão, Wanderley Amaro, comentou o caso e limitou-se a dizer que “um processo administrativo será aberto para verificar o caso”.

 

Fonte:redepromessa

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »