Projetos na Assembleia: Pastores evangélicos poderão receber a maior honraria do Estado

out 31 • Gospel • 1240 Visualizações • Nenhum comentário em Projetos na Assembleia: Pastores evangélicos poderão receber a maior honraria do Estado

á tramitam nas comissões técnicas da Assembleia Legislativa de Rondônia, dois projetos, propondo a concessão da maior honraria estadual, ao pastor Antônio Carlos Campos e ao pastor Carlos Milton Morais. Em memória, também foi apresentado projeto concedendo à mesma honraria a professora Rosinete da Costa Oliveira Leite. Os projetos de decreto legislativo são de autoria do deputado Hermínio Coelho (PSD).

 

O pastor Antônio Carlos Campos é mineiro, e reside na cidade de Vilhena desde 1975. Ele é casado há 29 anos com a pastora Eliana Aparecida Campos, tem dois filhos.  Na década de 80 foi convidado a pastorear a Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério de Madureira em Colorado do Oeste. Ele foi pastor presidente das igrejas de Colorado do Oeste, Cacoal e Ouro Preto do Oeste. Na vida pública exerceu cargos nas prefeituras de Colorado do Ooeste, Vilhena e em Ouro Preto do Oeste..

Já o pastor Carlos Milton Morais é natural de Mato Grosso do Sul. Ele  é pastor consagrado pela Convenção Nacional dos Ministros Evangélicos das Igrejas Assembleias de Deus Ministério Madureira.  Inicialmente foi professor no distrito de Extrema e pastor, porém logo a seguir veio a se dedicar integralmente ao pastorado, dando assim início a sua trajetória na carreira eclesiástica. Em 1992 foi designado a exercer a função de pastor presidente da Assembleia de Deus Madureira em Vilhena.

 

Homenagem a professora

 

O deputado Hermínio Coelho também apresentou projeto de decreto legislativo, concedendo o título honorífico de cidadão do Estado de Rondônia In Memorian, a professora Rosinete da Costa Oliveira Leite, pelos relevantes serviços prestados ao Estado de Rondônia. Ela chegou em 1986 em Rondônia, quando prestou concurso público, e tornou-se professora do quadro efetivo. Lecionou em Porto Velho e na cidade de Vilhena. A professora foi fundadora da Associação Beneficente Cultural e Educacional Sete Estrelas, membro do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, e recebeu ainda vários títulos. Rosiente faleceu em 16 de dezembro de 2012.

 

ALE/RO – DECOM – [ Paulo Ayres ]

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »