Explosões deixam mortos próximo à embaixada do Irã no Líbano

nov 19 • Notícias • 835 Visualizações • Nenhum comentário em Explosões deixam mortos próximo à embaixada do Irã no Líbano

Pelo menos 23 pessoas morreram e 146 ficaram feridas em duas explosões na manhã desta terça-feira (19) perto da embaixada do Irã em Beirute, segundo médicos.

O adido cultural iraniano, Ebrahim Ansari, estaria entre os mortos, segundo autoridades libanesas.

A explosão aconteceu pouco antes das 10h (6h de Brasília) no bairro de Bir Hasan, zona sul de Beirute.

As imagens do local exibidas pelo canal Al-Mayadeen mostravam pessoas em pânico, carros incendiados, corpos queimados e um edifício em chamas.

Os bombeiros tentavam conter as chamas.

Câmeras de segurança mostraram que uma das explosões foi causada por um suicida que estava próximo ao muro externo da embaixada, e a outra, por um carro-bomba estacionado a dois prédios de distância, segundo as autoridades libanesas.

A área em que fica localizada a embaixada iraniana é considerada um reduto do poderoso movimento xiita libanês Hezbollah.

As explosões são as mais recentes em uma série de ataques no Líbano, que tem sofrido as consequências da violência sectária entre xiitas e sunitas relacionada ao conflito de dois anos e meio na vizinha Síria.

As brigadas Abdullah Azzam, ligadas à Al-Qaeda, teriam assumido a autoria do ataque, segundo a agência Reuters.

“Trata-se de um duplo ataque em que dois dos nossos heróis, sunitas do Líbano, morreram em martírio”, escreveu em seu Twitter Sirajeddine Zreikat, um líder das brigadas, cujo nome é uma homenagem ao fundador da Al-Qaeda.

Grupos rebeldes sunitas ligados à rede terrorista têm condenado repetidamente o envolvimento militar do Irã e do Hezbollah na guerra síria, o que contribuiu para a resistência do contestado regime do presidente Bashar al-Assad.

 

Fonte:G1

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »