Iniciativas socioambientais da Hidrelétrica Santo Antônio ganham destaque em seminário sobre legislação ambiental

nov 14 • Notícias • 1613 Visualizações • Nenhum comentário em Iniciativas socioambientais da Hidrelétrica Santo Antônio ganham destaque em seminário sobre legislação ambiental

 

A experiência da Santo Antônio Energia durante o processo de licenciamento ambiental para implantação e operação da Hidrelétrica Santo Antônio, no rio Madeira, foi compartilhada na 4ª edição do Encontro de Legislação Ambiental para o Setor Elétrico, organizado hoje, 7 de novembro, pela Viex Americas. O evento reuniu empresas do setor elétrico, órgãos licenciadores e representantes do governo e tem como objetivo debater as políticas públicas ambientais e a gestão do licenciamento para projetos de geração e transmissão de energia elétrica.

 

Durante o evento, o coordenador de Sustentabilidade da Santo Antônio Energia, Alexandre Queiroz, e a bióloga e analista socioambiental da empresa, Carolina Mariani, explicaram que a sustentabilidade é um elemento-chave no projeto da hidrelétrica. Este foco na responsabilidade ambiental e social contribuiu para obtenção das três licenças necessárias: a prévia em julho de 2007, a de instalação em agosto de 2008 e a de operação em setembro de 2011, dentro do cronograma planejado.

 

A Santo Antônio Energia executa o Projeto Básico Ambiental (PBA), documento que descreve o conjunto de medidas e compensação socioambientais a serem implantadas antes, durante e após as obras. No total, a concessionária investe R$ 2 bilhões para execução de programas socioambientais em áreas como o remanejamento da população, saúde, educação, segurança e infraestrutura.

 

Santo Antônio Energia

É a concessionária responsável pela implantação e operação da Hidrelétrica Santo Antônio, localizada no Rio Madeira, em Porto Velho, Rondônia, e pela comercialização da energia gerada. A usina iniciou a geração comercial em 30 de março de 2012, nove meses antes do cronograma original e, a partir de novembro de 2016, com potência de 3.568 megawatts, gerará energia suficiente para abastecer o consumo de mais de 44 milhões de pessoas. O projeto é financiado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os acionistas da Santo Antônio Energia são as empresas Furnas (39%), Odebrecht Energia (18,6%), Andrade Gutierrez (12,4%), Cemig (10%) e o Caixa FIP Amazônia Energia (20%), empresas com grande experiência na gestão de investimento, bem como na implantação e construção de hidrelétricas no Brasil e em outro países.

 

Assessoria

 

Fotos:Viex Americas

 

santo01

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »