Monte Negro – Policia Militar desarticula quadrilha de roubo

mar 7 • Notícias • 1445 Visualizações • Nenhum comentário em Monte Negro – Policia Militar desarticula quadrilha de roubo

Por volta das 22hs de quinta-feira (06) cerca de 8 indivíduos invadiram uma propriedade rural localizada na BR 421, Km 74, município de Monte Negro –RO onde tomaram de roubo uma caminhonete S-10 executiva de cor preta, placa NDW-3335, uma Honda Biz 125cc de cor azul, placa NDB-6332, 03 celulares, uma TV 20 polegadas dois ventiladores aproximadamente R$ 1.500,00 em dinheiro e cheque, varias roupas e calçados e vários utensílios de higiene pessoal, onde mantiveram as vítimas reféns por duas horas após o roubo utilizando armas tipo revólveres, foram violentos e agressivos com o casal de idosos, jogando as vítimas no chão e as ameaçavam de morte a todo o tempo.

Diante destas informações as equipes do GOE (Grupo de Operações Especiais) do município de Ariquemes – RO foi acionado juntamente com outras viaturas de Ariquemes e Monte Negro e iniciaram averiguações e buscas no intuito de localizar e prender os criminosos, recuperar os objetos roubados e apreender armas de fogo nas linhas próximas ao município em possíveis locais que o bando que praticou o roubo poderia estar.

Alguns minutos depois durante diligencias pela BR 421 uma equipe do GOE localizou a motoneta Honda Biz azul roubada caída às margens da rodovia numa curva na altura do Km 21 com a parte da frente danificada provavelmente tendo sido envolvida em acidente de trânsito.

Em contato com um caminhoneiro que passava (sentido Ariquemes-Monte Negro) o mesmo relatou que avistou duas pessoas caminhando às margens da rodovia com capacetes na mão.

Com posse dessa informação foi intensificado as buscas no trecho da via e as equipes policiais de ariquemes realizavam barreira na ponte do rio jamari até que as equipes do GOE localizaram um casal Leandro Dorca Gates, 24 anos e Romilda Pires Silva, 33 anos com dois capacetes nas mãos, duas mochilas com roupas e muitas moedas na mochila de Romilda.

Ao serem questionados o casal informou que o leandro participou do roubo em Monte Negro com mais 4 infratores e que ele ficou com a motoneta roubada para ir para Ariquemes juntamente com sua esposa que havia ficado com o dinheiro roubado e de Ariquemes Leandro iria para o município de Porto Velho – RO encontrar com um individuo identificado como Lazaro, vulgo “Lazinho “ e um outro identificado como Bruno de onde dariam destino à caminhonete roubada e dividiriam o dinheiro.

Segundo Leandro “Lazinho” era o chefe da quadrilha e que ele já estava em Porto Velho com a caminhonete e que estava ligando para o Leandro.

A Polícia Civil do município de Porto Velho de posse das informações do referido roubo conseguiu localizar e prender a dupla “Lazinho” e Bruno e recuperar a caminhonete S-10 roubada.

Após essa primeira abordagem Leandro informou que Robson dos Santos Francisco, 23 anos também havia participado do roubo e informando seu endereço na Rua Valdir Eugênio no Conjunto Habitacional Morar Melhor no município de Monte Negro onde o mesmo foi localizado e preso pelas guarnições de Monte Negro e Ariquemes.

Ao ser indagado sobre a sobre a arma de fogo utilizada no crime Robson informou que não estava com o revólver, que sabia que a polícia militar estava atrás dele e por isso deixou sua arma com outra pessoa, informando que tratava-se de um revólver “prateado”, calibre 38, com três munições intactas e que estaria com Abel Carriel Erci, 33 anos que mora sozinho em uma residencia na Rua 15 de Novembro também município de Monte Negro.

Ao fazer diligencia na residência de Abel foi localizado o revólver citado com suas 3 munições no tambor em cima do sofá, entre as almofadas, além de uma bolsa com 04 munições intactas calibre 7,62 e Abel também foi preso.

Depois deste fato, os infratores Leandro e Robson informaram que havia outro infrator que individuo que havia dado apoio com um veículo Voyage cinza escuro conhecido como Christian Loraran de Jesus Souza, 20 anos, vulgo “Playboy” .

Chegando na residencia de Christian os moradores da residência informaram que ele havia passado la na noite anterior por volta das 22hs com o carro empoeirado e que havia ido dormir em outro endereço.

Ao chegar ao outro endereço informado Christian foi localizado e preso onde prontamente afirmou para a guarnição que havia participado da ação criminosa na noite anterior e que sua função era levar os infratores até a residência, esperá-los efetuar a rendição das vítimas e depois ajudar a carregar os objetos.

Todos os infratores foram uníssonos em descrever as funções de todos os integrantes na ação criminosa onde o Lazinho (Lázaro) e Bruno seriam os cabeças e organizadores da quadrilha, além de participar efetivamente dos roubos, conduzir o veículo roubado até o município de Porto Velho, enquanto o Robson, Leandro e outros que não foram presos seriam os que também praticam efetivamente os roubos. Robson e Landro seriam os que mantinham as vítimas reféns para intimidá-las e para que os fugitivos conseguissem se distanciar e assegurar a execução do crime, já a outra parte da quadrilha ficaria em porto velho aguardando a chegada do veículo veiculo roubado para dar destinação ilícita (venda em outro estado ou na Bolívia), já a Romilda guardava parte dos objetos roubados os quais poderiam passar despercebidos na mochila de uma mulher.

Essas informações foram passadas por todos os infratores em momentos distintos e sem que um soubesse que os outros falaram, além de informarem que já praticaram outros crimes de roubos (a mercados e residências) e até de homicídio.

Os documentos do Lazinho (Lazaro) foram encontrados na residência do Robson dentro de uma mochila com roupas e itens de higiene pessoal, foi informado por Robson que o Lazinho usaria essa mochila para “vazar”.

 

Fonte:Alerta Noticias

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »