POLÍCIA ACREDITA QUE MORTE DO EMPRESÁRIO MAZINHO AMORIM FOI ENCOMENDADA

ago 26 • Notícias • 2372 Visualizações • Nenhum comentário em POLÍCIA ACREDITA QUE MORTE DO EMPRESÁRIO MAZINHO AMORIM FOI ENCOMENDADA

A Polícia Civil (PC) de Ariquemes (RO) acredita que a morte do empresário Osmar Amorim, irmão do ex-senador Ernandes Amorim, que aconteceu no dia 3 de junho de 2014, foi encomendada. A informação foi dada pelos delegados Ricardo Rodrigues e Renato Cesar Morari durante coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (25). O inquérito ainda não foi concluído e as investigações continuam. Um homem de 51 anos foi preso na semana passada suspeito do crime.

Os delegados contaram que a polícia identificou uma testemunha que apontou o suspeito, como autor do crime. A testemunha contou que o suspeito teria lhe ofertado R$ 10 mil para pilotar a motocicleta no dia do crime, mas recusou. Depois do crime, o suspeito teria convidado a testemunha para uma nova empreitada e na conversa teria revelado a autoria da morte de Osmar. “Com base nestas informações e nas características físicas do suspeito que batiam com os relatos das pessoas que estavam no dia do crime, pedimos a prisão temporária dele”, explica Rodrigues.

Após ser monitorado pela polícia, o suspeito foi preso em Jaru e seria um suposto pistoleiro. Os delegados ressaltam que o caso não está concluído e que há varias perguntas a serem esclarecidas, como o nome dos mandantes e motivação para o crime. “A testemunha diz que o crime tem um mandante, mas não soube identificá-lo. O preso nega a autoria do crime e está preso temporariamente para garantir que novas testemunhas procurem a polícia. Este é um caso complexo”, conclui Morari.

Crime
O empresário do ramo de construção civil Osmar Santos Amorim, de 53 anos, conhecido por Mazinho, foi morto com pelo menos dois tiros; na cabeça e abdômen. Osmar é irmão do ex-senador e ex-deputado federal Ernandes Amorim. Segundo a Polícia Militar, ele era proprietário da empresa responsável pelas obras da sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), localizada na região central do município. Por volta das 10h30, a vítima estava em frente à cons trução, quando um homem desceu de uma motocicleta, atirou e fugiu.

 

Fonte G1

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »