PRF interrompe tráfego na BR-364, em RO, por causa da água do Madeira

fev 20 • Notícias • 1401 Visualizações • Nenhum comentário em PRF interrompe tráfego na BR-364, em RO, por causa da água do Madeira

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) interditou, no início da noite desta quarta-feira (19), um trecho da BR-364, em Rondônia. A medida por questões de segurança acontece por causa da cheia do Rio Madeira, que atingiu cota recorde e chegou a 17,88 metros na tarde desta quarta. O tráfego para o Acre deve ficar bloqueado todas as noites para veículos pequenos, até que o nível da água baixe. A lâmina d’água, segundo a PRF, está 50 centímetros acima do nível do asfalto e há forte correnteza. A rodovia é único acesso terrestre entre Rondônia e Acre e está alagada no trecho, a 158 quilômetros de Porto Velho, na altura do distrito de Velha Mutum.

Técnicos de uma empresa contratada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) estão no local, reforçando a sinalização do trecho. A PRF aguarda o término dos trabalhos para se posicionar sobre a liberação da pista, no período noturno, para veículos grandes como caminhões e ônibus. Para o tráfego de veículos pequenos, o bloqueio noturno é por tempo indeterminado.

A assessoria de comunicação da PRF informou que o bloqueio será feito todas as noites, às 19h, e liberado à 7h. Márcia Félix, inspetora do Núcleo de Comunicação da PRF-RO, afirma que está arriscado trafegar no trecho. “A visibilidade já não é muito boa no período da noite, e com a correnteza que se forma sobre a pista alagada, os riscos aumentam. Carros pequenos podem ser levados”, disse ela.

A PRF confirma a intenção de uma empresa, sediada em Jacy-Paraná (RO), de prestar auxílio remunerado na passagem, por meio de pranchas. Dessa forma, os carros poderiam transpor essas áreas alagadas. “Trata-se de uma empresa credenciada para o transporte de veículos acidentados. Portanto, não podemos intervir”, diz.

Ele não soube informar a respeito dos valores que poderiam ser cobrados no pedágio. As informações foram colhidas por agentes da PRF, às 9h30 desta quarta-feira (19). A balsa sobre o Rio Abunã continua dando condições de travessia.

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »