Rio Crespo:Grupo de sem terras são despejados através de ordem judicial

fev 26 • Notícias, Polícia • 1500 Visualizações • Nenhum comentário em Rio Crespo:Grupo de sem terras são despejados através de ordem judicial

Através de uma ação judicial,a  policia militar de Ariquemes  comandada pelo Tenente Coronel Enedy Dias cumpriu na manhã desta quarta  feira (26) uma ordem de despejo a um grupo de sem terras,liderados pelo LCP Liga dos Camponeses Pobres, que estavam assentados em uma  área de terra pertencente a uma fazenda que fica no final da linha Lámarquinha pertencente  ao  município de Rio Crespo.

Conforme declaração do senhor Edilson Dias, um dos integrantes do movimento,  eles já estão na localidade a mais de  7 meses, e contam  com diversas  benfeitorias, entre elas plantações de lavouras que servem para o sustendo de mais de 40 famílias  assentadas.

“Não queremos  conflitos, só queremos legalização da área, para que possamos ter nosso pedaço de terra para criarmos nossos filhos,é uma falta de respeito,a situação que encontramos hoje,fomos despejados juntamente  com nossas crianças sem nenhuma perspectiva, a única solução é aguardar os procedimentos legais do INCRA para que os mesmo nos acomode em outra área de terra  o mais rápido possível”concluiu Edilson.

Dona Maria também compõe o movimento, e  está indignada com a situação, que segundo a mesma , cuida de dois netos e agora não tem lugar para abrigar.

E para amenizar a situação  a prefeitura municipal de Rio Crespo em parceria com Secretaria de Ação Social, reuniu  com os lideres do movimento  e disponibilizaram apoio ao grupo, com abrigo e alimentação por um período de 5 dias, até que seja tomada as devidas providências pelas autoridades competentes(INCRA).

“Mediante a situação gostaríamos de estender por mais tempo todo esse apoio, mas infelizmente nosso município não tem recursos suficiente  para assegurar as necessidades do grupo,mais o que estiver ao nosso alcance com certeza vamos está a disposição”concluiu o prefeito Eudes”.

 

Texto e fotos:Marcos Neris/Rondônia Manchete

 

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »