FOLLADOR QUER PÁGINA COM DADOS SOBRE AGROPECUÁRIA E PISCICULTURA

maio 5 • Política02 • 193 Visualizações • Nenhum comentário em FOLLADOR QUER PÁGINA COM DADOS SOBRE AGROPECUÁRIA E PISCICULTURA

O deputado Adelino Follador (DEM) indicou nesta terça-feira (3) ao chefe do Executivo rondoniense a necessidade de criar (abrir) um link da página da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), no Portal do Governo, onde possam ser disponibilizados todas as informações oficias atualizadas sobre o agronegócio, de modo que possa servir de subsídio a empresas e empreendedores que desejam instalar-se e ampliar seus negócios em Rondônia.

Ao justificar sua indicação, o parlamentar que é produtor rural, fez ver ao Executivo que o Estado vai se transformando em modelo de produção sustentável, com níveis de produtividade de grãos, carne, peixe muito acima da média, contribuindo decisivamente para a melhoria da economia regional e que por isso vem despertando interesses variados no âmbito do setor produtivo – empresários do agronegócio -, que demandam por esses dados (estatísticos).

De acordo com Adelino Follador, ao abrir a página da Seagri, o interessado vai clicar no link de estatística do setor produtivo, que vai encaminhá-lo a uma nova página com informações atualizadas e números sobre área plantada, por município, com soja, milho, café, arroz, feijão e outras, área degradada (encapoeirada), área de pastagem, rebanho bovino, bubalino, equino, ovino, caprino, com números da produção e capacidade produtiva de pescado, com discriminação da necessidade de lâmina d’água para produção de cada espécie de peixe, e ainda informações igualmente atualizadas sobre áreas de preservação ambiental e de extração.

Para o deputado deve partir dos próprios órgãos do Governo o interesse na divulgação desses dados, eis que são indicativos positivos da economia rondoniense, que vem enfrentando o cenário da crise que assola o restante do País com criatividade e muito trabalho, sem ser influenciada pelas dificuldades econômicas, fator que vem atraindo investimentos e investidores para o Estado. “Por isso, o setor que gera emprego e renda no campo, que mais arrecada e fomenta economia estadual merece essa distinção para que possa atrair novos empreendedores e alavancar ainda mais a economia regional”, disse Follador.

Texto: Ascom.

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »