Adelino Follador diz que Governo Federal virou às costas para Rondônia

abr 3 • Política • 1149 Visualizações • Nenhum comentário em Adelino Follador diz que Governo Federal virou às costas para Rondônia

Adelino Follador diz que Governo Federal virou às costas para Rondônia

 

O deputado Adelino Follador (DEM), em discurso da tribuna da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (02), não hesitou em falar que “o Governo Federal virou às costas para Rondônia” porque os órgãos federais estão abandonados no Estado e a transposição dos servidores rondonienses para o quadro da União não acontece por falta de vontade.

 

Segundo o parlamentar, o Governo Federal arrecada 100% dos impostos nos municípios e não há a contra partida em benefícios. Ele fez questão de enumerar que, em Rondônia, as BR’s estão completamente abandonadas. “A 364 está cheia de buracos. O que foi feito anteriormente está sendo refeito agora. Não é diferente a situação da BR 421, que foi recuperada há sete meses e já está toda esburacada. Estamos vendo o dinheiro público sair pelo ralo”, disse.

 

O deputado Follador, em tom firme, afirmou que “Rondônia está sendo discriminado pelo Governo Federal. Veja que as ações em prol do Estado não acontecem, enquanto que para o Estado do Acre tudo é concedido. Os acreanos merecem, mas os rondonienses, também”. Ele reiterou que a transposição dos servidores é um direito conquistado, pois já foi aprovado pelo Congresso Nacional e nada acontece. “É o descaso total para o nosso povo”, destacou o parlamentar ao cobrar dos três senadores de Rondônia que não assinaram a CPI da Petrobras para que resolvam a questão da transposição dos servidores. “Quanto valia a empresa (Petrobras) antes do PT assumir o Governo Federal e quanto vale agora? Estão sucateando tudo neste país. É a hora de se resolver a questão objetivamente”, sugeriu.

 

Sobre a construção das usinas de Santo Antônio e Jirau, Em Rondônia, Follador assegurou que foram mal negociadas tanto pelo ex-prefeito Roberto Sobrinho quanto pelo ex-govenador Ivo Cassol. “Os viadutos de Porto Velho estão aí sem solução. O ex-prefeito Roberto Sobrinho começou e deixou uma bagunça. Por outro lado, o prefeito Mauro Nazif demorou bastante para tomar providências, enquanto o DNIT, até agora, nada resolveu. É o descaso e o abandono do Governo Federal para com o Estado de Rondônia”, citou ao lembrar que a Embrapa, a Polícia Federal e a Eletrobrás estão passando por dificuldades em Rondônia, carecendo de maior apoio do Governo Federal.

 

ALE/RO – DECOM – [ Carlos Neves ]

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »