Deputado Follador questiona compra de veículos pelo Fecoep

jun 1 • Política, Todas as Notícias • 77 Visualizações • Nenhum comentário em Deputado Follador questiona compra de veículos pelo Fecoep

O deputado Adelino Follador (DEM) criticou nesta terça-feira (29) a mensagem do Poder Executivo Estadual, encaminhada à Assembleia Legislativa, propondo a abertura de crédito suplementar em favor do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep), para compra, entre outros bens, de nada menos de 80 veículos e 4 ônibus, que vão custar R$ 7,6 milhões dos já combalidos cofres do Estado.

Para o deputado, não há motivo para um investimento desta natureza, eis que, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a maioria absoluta dos pobres de Rondônia vive no campo a depender de apoio do Governo para trabalhar e produzir, e não de meio de transporte.

Segundo Follador essa maioria dos pobres de Rondônia que vive e trabalha no campo precisa é de calcário, insumos, sementes, mudas selecionadas de café e estradas para produzir e gerar renda, não cabendo, por decente que é um gasto desta monta para atender este segmento nesta necessidade, que destoa do fim para o qual o Fecoep foi criado, e por outro lado, não combina com as dificuldades financeiras que o Estado atravessa neste momento.

Por este motivo, segundo o deputado, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) convocou nesta terça-feira a secretária Cira Moura, titular Secretaria da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), e sua equipe, para explicar o projeto e os motivos da compra de tantos veículos e ônibus, com apresentação de um competente estudo da demanda.

Para Follador a Mensagem nº 95 do Executivo que tem este objetivo, padece de amparo e segurança para seguir, e cabe as autoridades da área a apresentação de justificativas plausíveis para ser aprovada pela Assembleia Legislativa.

ALE/RO – DECOM – Assessoria

Foto: Gilmar de Jesus

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »