Follador defende escolas militares e quer comissão de avaliação da Seduc

ago 18 • Política, Todas as Notícias • 64 Visualizações • Nenhum comentário em Follador defende escolas militares e quer comissão de avaliação da Seduc

Em visita esta semana ao Colégio Tiradentes de Ariquemes – antiga Escola Chico Mendes – o deputado Adelino Follador (DEM) disse que já é possível notar importantes transformações no ambiente escolar, no lar dos alunos e na relação entre pais e professores, que reforçam a importância da mudança metodológica no aproveitamento escolar.

Segundo o deputado, que indicou ao governo do Estado e tem sido o maior incentivador da implantação das escolas da Polícia Militar em Rondônia, este é um modelo metodológico fundamental para a estrutura educacional do País. Segundo Adelino, o Brasil precisa do estímulo de um projeto educacional de resultado, que tenha mais que conteúdo programático e contemple a cultura e valores fundamentais da vida do povo, incluindo respeito, disciplina e patriotismo.

Para Follador não se trata de militarização das escolas, mas de uma mudança metodológica inserida no aprendizado que já está dando bons resultados. Ele disse que conversou com o diretor da Escola, capitão Deivsson Souza Bispo, e recebeu dele as melhores impressões, destacando um posicionamento positivo dos alunos e de seus pais.

O deputado disse que confirmou com os próprios pais de alunos, que se manifestaram satisfeitos com a nova gestão, que em muitos casos tem refletido em casa, na melhoria do comportamento dos filhos, além da melhoria do interesse pelos estudos.

Em pronunciamento terça-feira (15) no Plenário da Assembleia Legislativa, o deputado disse que no âmbito do Colégio Militar de Ariquemes, ainda tem muita coisa para se organizar, especialmente em relação à estrutura física, para o que ele se colocou à disposição na busca pela otimização dos espaços.

Segundo Adelino Follador este modelo educacional, que nasceu da transformação das escolas convencionais em escolas militares ou a gestão compartilhada entre Secretaria de Educação (Seduc) e Polícia Militar está resgatando estruturas escolares que antes sofriam com indisciplina e vandalismo, e que agora renascem como modelo.

Para o deputado, mesmo apresentando os melhores resultados, o novo sistema educacional exige avaliações permanentes, recaindo sobre a Seduc a necessidade de montar uma comissão especial para este fim, resguardando o universo educacional de qualquer interferência negativa ou prejuízo.

 

ALE/RO – DECOM – Assessoria
Foto: Assessoria

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Rondônia Manchete
www.rondoniamanchete.com.br