FOLLADOR PEDE MANUTENÇÃO DE RODOVIAS EM ARIQUEMES E REGIÃO

maio 3 • Política • 542 Visualizações • Nenhum comentário em FOLLADOR PEDE MANUTENÇÃO DE RODOVIAS EM ARIQUEMES E REGIÃO

 

  Preocupado com o estado (grave) das rodovias estaduais da região da grande Ariquemes e do Vale do Jamari, o deputado Adelino Follador (DEM) encaminhou esta semana ao governador Confúcio Moura, e ao diretor-geral do DER, engenheiro Ubiratã Bernardino Gomes, um pedido de providência para executar obras de manutenção definitivas nessas rodovias, a fim de diminuir riscos e melhorar as condições de tráfego da região.

 

O parlamentar falou da situação geral da malha rodoviária local, destacando as péssimas condições de tráfego das RO Zero-10, que faz a ligação entre a BR-421 à RO-140, da RO-144, que liga a BR-364 à linha C-Zero, da RO-140 que faz a ligação entre a BR-364 (Cacaulândia) ao Distrito de Colina Verde (trecho em condições precárias), do B-40 Norte, da BR-421 à Linha 105, em Alto Paraiso.

 

Follador citou também a situação da RO 458, um percurso de 65 quilômetros que ligam o Município de Alto Paraíso a Triunfo, e a RO-257, um trecho de 45 quilômetros, ligando a cidade de Ariquemes ao Município de Machadinho do Oeste.

 

O deputado fez vê as autoridades do Executivo que é importante uma ação imediata para evitar o agravamento das condições de tráfego em toda a região. Disse também que pediu ao diretor-geral do DER, que não se limitasse à manutenção pura e simples, só com a conformação das pistas (patrolamento). Em sua visão – o deputado já foi prefeito e diretor da Residência Rodoviária de Ariquemes – é preciso fazer um trabalho melhor com encascalhamento dos trechos descoberto, de modo a garantir a trafegabilidade normal nessas rodovias, sem o risco de danos e perigos para os usuários.

 

Adelino Follador revelou-se satisfeito com o resultado reunião que manteve com governador Confúcio Moura e com o diretor do DER, informando que ambos foram bem receptivos e demonstram interesse em dar solução para o problemas das rodovias estaduais.

 

Fonte: Assessoria – prc.

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »