Mariana Carvalho quer união de forças políticas em defesa de Rondônia

nov 18 • Política • 669 Visualizações • Nenhum comentário em Mariana Carvalho quer união de forças políticas em defesa de Rondônia

Consagrada nas urnas com a expressiva votação de 60.324 votos personificando a voz da nova política, a deputada federal Mariana Carvalho (PSDB) dá sinais de que vai materializar na Câmara dos Deputados, o seudiscurso de campanha em ter um mandato compromissado com a população rondoniense, independentemente de cor partidária.

A tucana está defendendo a união de forças políticas em defesa do desenvolvimento do Estado de Rondônia e já começou a manter contatos com os demais integrantes da bancada de Rondônia em Brasília para discutir ações de interesse do Estado.

“Passou a campanha eleitoral, devemos desmontar os palanques e pensar no bem comum”, destacou Mariana Carvalho que visitou o senador Acir Gurgacz (PDT) no Senado e vai se reunir com os demais representantes de Rondônia no Congresso Nacional.

O prefeito de Porto Velho Mauro Nazif (PSB), que foi adversário da tucana nas eleições de 2012 para a prefeitura da capital também contatará com o apoio da nova deputada que embora tenha planos para os 52 municípios, admite que Porto Velho precise de uma atenção especial.

“A eleição que concorri com o Dr. Mauro foi há dois anos. Hoje vivemos um novo momento político”, declarou ela para justificar porque vai ajudar o Executivo Municipal a vencer alguns desafios de Porto Velho como obras inacabadas, falta de saneamento básico, água tratada, entre outros problemas.

Paralelamente as audiências que manterá com os seus pares, Mariana Carvalho visitará as suas bases com o objetivo de ouvir as reivindicações da comunidade. Ela quer repetir na Câmara Federal o trabalho que realizou em parceria com a comunidade, quando foi vereadora em Porto Velho. “As pessoas conhecem melhor as suas necessidades”, resumiu.

 

Fonte:Assessoria

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »