Marinha Raupp participa da I reunião do Comitê de Fronteira

nov 25 • Política • 796 Visualizações • Nenhum comentário em Marinha Raupp participa da I reunião do Comitê de Fronteira

A deputada federal Marinha Raupp (PMDB) participou nesta quarta-feira (20) da primeira reunião do Comitê de Fronteira Guajará-Mirim e Guayaramerín. O encontro realizou-se na cidade boliviana e contou com a participação de representantes ministeriais do Brasil e da Bolívia, autoridades civis e militares, dirigentes da classe empresarial e representantes comunitários.

Marinha Raupp observou que a reunião fora fundamental para identificar os problemas comuns entre os municípios bem como apresentar as soluções conjuntas, além de considerar importante a assinatura de Acordo de Cooperação Técnica entre os dois países, principalmente na área energética.

Após desejar boas vindas aos participantes do encontro, o alcaide de Guayaramerín, José Alexander Guzmám Maldonado, destacou a preocupação das pessoas com os problemas regionais existentes nas áreas da saúde, infraestrutura, segurança pública e imigração.

“Agradeço as pessoas que trabalharam para a realização desta reunião, em especial a deputada Marinha Raupp por seus esforços e diálogos anteriores a este encontro, os quais demonstraram a preocupação com os problemas das populações irmãs, que clamam por soluções aos diversos problemas desta região”, destacou Guzmám Maldonado.

O embaixador brasileiro na Bolívia, João Luís Pereira Pinto, na abertura dos trabalhos, ponderou para que fossem acordadas as propostas e as soluções para o processo de integração entre as duas cidades. “Temos a tendência de assinar papéis e isto é o começo, um guia para iniciarmos os trabalhos. Mas o importante é que as ideias sejam claras para encontrarmos um caminho comum; por isso o diálogo é importante”, disse.

Nesse sentido, o prefeito de Guajará-Mirim, Dulcio da Silva Mendes, declarou que “os problemas da nossa região são aqueles que batem as portas dos prefeitos destes municípios e a participação efetiva dos agentes envolvidos neste processo trará bons resultados”.

Presente na abertura, o governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB), anunciou que, em breve, a administração disponibilizará um barco hospital para atender a população residente na área de fronteira e ribeirinhos. “Temos 1.400 quilômetros de fronteira com a Bolívia e a intenção é realizar um trabalho conjunto com os profissionais da saúde dos dois países”, disse o governador, que manifestou o desejo de ter professores bolivianos ministrando aulas de castelhano (espanhol) nas escolas de Guajará-Mirim e de professores brasileiros ensinando a Língua Portuguesa em Guayaramerín.

 

Texto – Carlos Eduardo de Lima (Assessoria de Comunicação)

 

Fotos – Marcos Buritis

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »