Chef do DF recebe 300 encomendas em 48 h após criar bolo de churros

dez 8 • Destaque, Receitas • 1017 Visualizações • Nenhum comentário em Chef do DF recebe 300 encomendas em 48 h após criar bolo de churros

Quem vê a foto do bolo de churros que ganhou as redes sociais nas últimas semanas, descrito como “quase 2,5 kg de pura delícia” em dois andares, mal pode imaginar que ele surgiu de forma despretensiosa em Brasília. A receita é do chef Bruno Veloso, de 27 anos, e foi desenvolvida a pedido de uma amiga há duas semanas, na cozinha improvisada que ele mantém em casa. A imagem foi divulgada pelo blogueiro Hugo Gloss, pelo cabeleireiro das celebridades Marco Antônio de Biaggi, pela Banda Fresno e pelo sertanejo Fabiano Menotti. Em 48 horas, o jovem recebeu mais de 300 e-mails com pedidos de encomenda.

“Não esperava trabalhar com esse tipo de preparação mais tradicional, pois muita gente já trabalha com isso. Assim, a ideia sempre foi oferecer algo diferenciado. Uma amiga pediu o bolo de churros para o aniversário e perguntou se eu o fazia. Como não estava com a agenda cheia, resolvi fazer. Não queria fazer um bolo de doce de leite, açúcar e canela, como via outras confeitarias fazendo. Assim, resolvi fazer um bolo de churros que realmente tenha churros e com o diferencial que possuo, que são as matérias-primas de excelente qualidade, como o doce de leite argentino, e produzidos de forma artesanal”, disse ao G1.

A versão simples do quitute leva aproximadamente duas horas para ser feita. A massa é de pão de ló, com leve toque de canela e recheada de doce de leite argentino. As laterais são preenchidas com churros feitos artesanalmente e fritos em óleo de canola. Há duas opções: de um andar, com 1,8 kg, e de dois andares, com 2,5 kg. Veloso pretende ainda criar a opção com três patamares.

Na primeira foto, churros são preparados artesanalmente; na segunda, bolo termina de ser preparado para receber alimento; na terceira, bolo com um andar visto de cima; na quarta, chef segura encomenda (Foto: Bruno Veloso/Arquivo Pessoal)Na primeira foto, churros são preparados artesanalmente; na segunda, bolo termina de ser preparado para receber acabamento; na terceira, bolo com um andar visto de cima; na quarta, chef segura encomenda (Foto: Bruno Veloso/Arquivo Pessoal)

A receita fez tanto sucesso que o jovem precisou anunciar que pararia por um tempo de receber encomendas – elas vinham não somente de outros estados, como Rio de Janeiro e São Paulo, mas também do México, Estados Unidos e Emirados Árabes. O chef se viu saltando de até cinco pedidos de doces variados ao longo da semana para uma situação que “saiu um pouco do controle”.

 

“Para manter a qualidade do atendimento e dos produtos, tive que encerrar as encomendas para o mês. Estou tentando administrar as duas coisas, o que é muito complicado, pois realmente faço tudo sozinho. Mas estou muito feliz com a repercussão e muito positivo pelo que vem pela frente”, declarou.

Segundo ele, uma única pessoa viu “defeitos” até hoje no bolo: “Minha mãe, tadinha, que reclama muito das louças que eu não consigo lavar. Eu até tento. Desculpa mãe”, brincou. “É uma criação que tem duas semanas de vida, tive poucos clientes que provaram. Até agora, o pessoal gostou muito e ninguém reclamou.”

Expectativas
Formado em gastronomia há seis anos e com cursos nos Estados Unidos e na França, o chef conta que ultimamente tem trabalhado apenas com doces. A especialidade são as “entremets”, tortas mais refinadas servidas entre refeições. As receitas são feitas exclusivamente sob encomenda.

Com a repercussão do bolo de churros, Veloso diz que espera atingir o maior número de pessoas e “quem sabe até uma Ana Maria Braga”, para poder ensinar a receita a nível nacional.

O jovem também brinca com as postagens dos famosos. Depois de ver a publicação do cabeleireiro Marco Antônio de Biaggi, não hesitou: “Troco um bolo por um corte @mbiaggi(e o telefone da Marina Ruy Barbosa s2)”.

 

Fonte:G1

 

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »