DE VENDEDOR DE PICOLÉ À DONO DE UMA DAS MAIORES MARCAS DE ALIMENTOS DE RONDÔNIA

ago 16 • Todas as Notícias, Vitrine empresarial • 55 Visualizações • Nenhum comentário em DE VENDEDOR DE PICOLÉ À DONO DE UMA DAS MAIORES MARCAS DE ALIMENTOS DE RONDÔNIA

O personagem desta reportagem que você confere agora já foi faxineiro, garçom, vendedor de picolé, mais hoje a profissão dele é temperar a comida de milhares de pessoas em Rondônia e em mais seis estados. Mas, não se engane! Não estamos falando em cozinheiro, chefe de cozinha.

Natural de Santa Catarina, Eliseu Kieski chegou a Cuiabá,/ no Mato Grosso, ainda na adolescência. E lá procurou sobreviver de várias maneiras. Trabalhou como faxineiro, picolezeiro, foi também vendendor de seguro de vida e caixa. Mas a melhor lembrança que guarda é da época em que foi garçom em um restaurante.

“Após cinco anos de Cuiabá surgiu à oportunidade de vir embora para Rondônia vender macarrão, o macarrão ‘San Gennaro’. Lembra do comercial do padre que falava: “olha a gula!”. Então, eu vim para cá isso em 1998 vender esse macarrão”, recorda.

Com o convite para ser representante de uma marca de macarrão, o catarinense teria que mudar do Mato Grosso para Rondônia. E sem pensar duas vezes, arrumou às malas e se mudou para cá. Os anos passaram até que?.

Com a compra da empresa em 2008 a Campilar Alimentos fundada em 1986 pelo seu antigo dono embarcaria em outra fase. Os investimentos chegaram e com isso a expansão dos negócios. Com sede em Ji-Paraná hoje a companhia de alimentos também marca território em mais seis Estados brasileiros.

Muitos podem não está associando o nome aos ingredientes. Mas algumas das especiarias, como temperos, sobremesa e grãos, usadas no preparo das refeições, tanto ai na sua casa quanto nos restaurantes, podem conter a marca da empresa Campilar.

“Estamos hoje com ‘operolojistica’ em Cuiabá que faz nossas entregas no Estado do Mato Grosso. Nos transferimos nosso estoque daqui de Rondônia para o nosso distribuidor em Cuiabá.  A Campilar tem também um distribuidor no Rio Branco (Ac) e Manaus (AM). Estamos em seis Estados”, informa.

As 14 linhas em operação na indústria de alimentos não param. A corrida é para atender o leque de 420 itens que hoje são produzidos por ela. No estoque o giro também segue um ritmo crescente.assim que a matéria prima é trazida para dentro da fábrica, rapidamente começa a etapa do processamento que vai do envasamento à embalagem. Terminada esta etapa, a carga é liberada para os caminhões e logo após, o transporte até os clientes. Mas a pretensão é chegar ainda mais longe.

Com os investimos o resultados apareceram. Os clientes acreditando na qualidade dos produtos exigiram pressa para terem as mercadorias nos seus comércios. Da venda até a entrega a companhia estabeleceu uma meta: chegar até eles no menor tempo possível.

Hoje com o mercadoalimentício em ascenção a preocupação das empresas é oferecer produtos, alinhados cada vez mais com a qualidade focada na saúde. Outro pilar é o respeito com o meio ambiente. E tem sido baseado nestes pilares que a Campilar tem seguido o mercado. De acordo com a provedora global euromonitorinternacional,o Brasil é o quinto maior mercado de alimentos e bebidas saudáveis do planeta.

Entre 2009 e 2014, o comércio de alimentação voltada a hábitos saudáveis alavancou 98% por aqui. Em 2015, o setor movimentou mundialmente cerca de us$ 27,5 bilhões de dólares. A tendência nós próximos anos é aumentar mais 27%.

Em uma estrutura física de sete mil metros quadrados, a indústria de alimentos Campilar. No distrito industrial, em Ji-Paraná emprega de forma direta cerca de 180 funcionários. E um dos diferenciais da empresa é justamente a proximidade com todos eles.

“É um conjunto de coisas. Hoje você não consegue dar um passo sozinho. O futuro é gente, o futuro é gente. Pessoas boas com você a tendência é cresce. Não tem outro caminho. Hoje você precisa ter pessoas boas ao seu lado. Não tem outro caminho”, finaliza o empresário Eliseu Kieski.

 

.

Fonte: NewsRondônia

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Rondônia Manchete
www.rondoniamanchete.com.br