Caminhoneiro com lanterna no ânus diz que foi dopado em PVH durante o sinistro

maio 29 • Destaque • 1322 Visualizações • Nenhum comentário em Caminhoneiro com lanterna no ânus diz que foi dopado em PVH durante o sinistro

Foi liberado na manhã do ultimo sábado, 24, após 24 horas de pós-operatório, o caminhoneiro que foi submetido ontem a uma cirurgia para a “retirada de um corpo estranho do reto”. O procedimento, realizado no Hospital Regional de Vilhena, foi simples e durou menos de dez minutos, mas o paciente precisou ser anestesiado.

O homem de 48 anos chegou à unidade de saúde queixando-se de um suposto problema de hemorroida. Os exames de raio-X, no entanto, realizados antes da cirurgia, revelaram que o motorista tinha uma lanterna presa no ânus.

Antes de receber alta médica, o profissional do volante, que está levando um carregamento de madeira de Rio Branco (AC) para o interior de Minas, deu sua versão para o curioso episódio. Ele disse que parou em Porto Velho e desceu num bar, onde ingeriu bebidas alcoólicas com uma mulher desconhecida.

O homem alegou que a estranha com a qual havia passado a noite teria colocado “alguma coisa” em sua bebida. Vítima do suposto golpe conhecido como “Boa Noite, Cinderela”, ele teria “apagado” dentro do próprio caminhão e, ao acordar, começou a sentir o incômodo.

O caminhoneiro confirmou que, mesmo sentindo fortes dores, veio dirigindo da capital até Vilhena, num trecho de 700 km. Ele só resolveu parar e procurar ajuda porque, além das cólicas, não conseguia defecar.

Depois da cirurgia e com a receita dos medicamentos que precisará tomar na estrada, o homem entrou no caminhão que havia deixado no pátio do hospital e foi embora.

 

Da Folha do Sul Online

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »