Em Candeias, orçamento é aprovado e funcionários suspendem protesto

jan 11 • Destaque • 1621 Visualizações • Nenhum comentário em Em Candeias, orçamento é aprovado e funcionários suspendem protesto

Candeias de Jamari, 20 quilômetros distante de Porto Velho, foi o último dentre os 52 municípios de Rondônia a aprovar o orçamento para 2014. A votação se deu em sessão extraordinária, na manhã desta sexta-feira (10), sob a pressão de um grande número de funcionários públicos que não receberam seus salários referentes ao mês de dezembro de 2013. “Agora está tudo certo”, disse o prefeito Oswaldo Souza (PV), que acompanhou a votação e deixou a Câmara de Vereadores imediatamente após os trabalhos.

A secretária municipal de Administração, Solange Souza, obteve garantias da Caixa Econômica Federal de que os salários cairão na conta dos servidores já neste sábado (11). “O pagamento estava condicionado à aprovação do orçamento”, explicou. A previsão de investimentos neste ano no município seria de R$ 38 milhões, segundo mensagem enviada à câmara pelo prefeito. Porém, o orçamento aprovado foi reduzido em R$ 4 milhões. “Houve demora no envio do texto aos vereadores. E o entendimento das bancadas também foi prolongado”, justificou o vice-presidente da Câmara Municipal, vereador César do Candeias (PCdoB).

Em dezembro a prefeitura fechou o ciclo de exonerações em massa, sob o pretexto de contenção de gastos. Duzentos servidores comissionados perderam seus empregos. A administração do município não soube informar a economia gerada com as demissões, que atingiram principalmente as áreas da saúde e obras.  A cidade possui 18 mil habitantes, de acordo com senso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) em 2010, mas esse número pode ter dobrado nos últimos três anos, a exemplo do que ocorreu  na capital.

O aposentado Lauro Klusku, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, alerta para a falta de investimentos, sobretudo, no setor de esgotamento sanitário e na acessibilidade. “Infelizmente, sofremos, nós idosos, cadeirantes e pessoas portadoras de necessidades especiais, com a falta de um olhar mais humano”, disse ele. O texto do orçamento detalha melhorias em todos as pastas.

 

Fonte:G1

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »