Compras do futuro terão carteira virtual e cartão assinado com o indicador

nov 16 • Economia • 1654 Visualizações • Nenhum comentário em Compras do futuro terão carteira virtual e cartão assinado com o indicador

Carregar vários cartões de crédito na carteira e memorizar senhas diferentes para cada um deles são hábitos com os quais o consumidor brasileiro precisou se acostumar nos últimos anos. Num futuro breve, porém, essas práticas devem deixar de fazer parte do nosso cotidiano.

Uma série de novas tecnologias, muitas delas já testadas no Brasil, prometem acelerar o momento da compra e tornar a vida do consumidor mais simples.

Cartões que podem ser usados sem a digitação de senhas e carteiras virtuais que permitem a realização de uma compra pela internet em poucos segundos são algumas das novidades.

Segundo as empresas, essas tecnologias vão dar também mais segurança às transações. Mas o consumidor também terá de fazer sua parte nesse sentido,tomando mais cuidados.

Carteira virtual acelera compra online

A Masterpass é uma carteira virtual desenvolvida pela Mastercard com o objetivo de tornar as compras pela internet mais rápidas. O consumidor pode cadastrar vários cartões nessa carteira, onde também deve incluir seu endereço.

Quando fizer uma compra pela internet num site que aceite o pagamento via Masterpass, ele deverá apenas selecionar o cartão que vai querer usar. Não será mais necessário preencher cadastros ou digitar o número do cartão escolhido.

“A maior razão de abandono de compra em um ambiente de e-commerce é a complexidade de preenchimento de cadastro. O uso do Masterpass evita que o consumidor tenha de preencher novos cadastros nas lojas eletrônicas. Todas as suas informações estarão centralizadas num ambiente seguro”, diz Marcelo Tangioni, vice-presidente de produtos da Mastercard.

O serviço funciona nos Estados Unidos, no Canadá, no Reino Unido e na Austrália e está em fase inicial no Brasil. “Num primeiro momento, o uso está restrito ao ambiente do e-commerce, mas, em breve, vislumbramos outros canais, como o celular e lojas físicas”, diz Tangioni.

 

Fonte:Uol

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »