11º dia: EUA e Portugal empatam, Bélgica garante vaga e Argélia faz história

jun 23 • Esportes • 2037 Visualizações • Nenhum comentário em 11º dia: EUA e Portugal empatam, Bélgica garante vaga e Argélia faz história

O jogo mais emocionante do décimo-primeiro dia da Copa do Mundo não foi o do estádio mais tradicional, nem o que teve mais gols. Portugal e Estados Unidos fizeram uma partida eletrizante que teve o resultado aberto até o último minuto: aos 49 do segundo tempo, os portugueses empataram o jogo em 2 a 2 e afastaram o fantasma da eliminação precoce que já derrubou as campeãs Espanha e Inglaterra neste ano.

Nani abriu o placar para Portugal. Jones e Dempsey viraram para os Estados Unidos. Mas as atenções estavam sempre voltadas para apenas um nome. Feito um popstar, Cristiano Ronaldo foi ovacionado ao ter seu nome exibido no telão. Durante o jogo, ouviu um misto de vaias e aplausos a cada vez que pegava na bola. O melhor jogador do mundo correu, driblou quatro jogadores na mesma jogada, fez graça para o bandeirinha ao ser pego em impedimento, distribuiu passes certeiros… Mas sofreu com a falta de qualidade ao seu lado. Ainda assim apareceu na hora certa para salvar sua nação com a assistência para Varela.

A seleção portuguesa é a última na tabela do Grupo G e as chances de classificação são pequenas. O time tem um confronto direto com Gana, a terceira colocada. O time de Cristiano Ronaldo precisa vencer de goleada para compensar o saldo negativo e torcer por uma combinação de resultados: um empate entre Estados Unidos e Alemanha classifica os dois times para a próxima fase.

– VÍDEOS: Assista aos melhores momentos da partida na Arena da Amazônia

A partida entre Estados Unidos e Portugal, em Manaus, teve segurança reforçada neste domingo (22), com a presença de 90 agentes da Agência Federal de Investigação norte-americana (FBI) e o uso do “Caveirão”, viatura blindada da Polícia Militar. Um dos motivos era a preocupação do governo norte-americano sobre possibilidades de atos terroristas durante a partida.

Durante todo o dia, porém, o clima foi de festa em Manaus. Estrangeiros provaram e aprovaram os quituteslocais, se divertiram entre os torcedores rivais e até arriscaram algumas palavras do “amazonês” falado pelos locais. Antes da partida, nem o calor atrapalhou a animação de um português que deixou a mulher no Velho Continente e veio com os dois filhos curtir o segundo jogo da seleção de Cristiano Ronaldo.

Um casal americano disse que se preocupou depois de ler notícias sobre animais nas ruas e insegurança em Manaus. Mas, ao chegar à capital amazonense, eles elogiaram a hospitalidade e a infraestrutura locais, e agora consideram os boatos espalhados pelos tabloides americanos “uma bobagem”.

(Fotos: Natacha Portal/Romulo de Sousa/Marcos Dantas/G1 AM)

Bélgica garante a classificação
Em um jogo com muitos erros que fez até um torcedor cochilar em pleno estádio, a seleção da Bélgica sofreu, mas conseguiu vencer a Rússia no Maracanã no início da tarde deste domingo. Com um gol no fim do jogo, os Red Devils somaram seis pontos e já estão matematicamente nas oitavas de final. Quem assinou o tento foi o reserva Origi, depois de assistência de Hazard, o craque da equipe, que teve atuação apagada durante a maior parte do jogo.

 

O time contou com a aparição final de seu craque Hazard e o gol de Origi aos 43 minutos do segundo tempo. Na última rodada, terá a Coreia do Sul pela frente. Já os russos enfrentam os argelinos e ainda possuem uma ponta de esperança, dependendo de uma combinação de resultados.

 

– Confira todos os detalhes da partida

O Maracanã testou neste domingo um novo sistema de segurança para as partidas da Copa do Mundo. Nas duas primeiras rodadas, torcedores conseguiram invadir o estádio. Desta vez, a Fifa aceitou a presença de policiais militares dentro do estádio. A medida foi alvo de comentário do jornal britânico ‘The Guardian’, que publicou um vídeo sobre a mudança no entorno do estádio no Rio.

– LEIA NO BLOG Brasil visto de fora

A vitória de 1 x 0 da Bélgica sobre a Rússia no Maracanã foi celebrada com muita cerveja em um bar tradicional de Ipanema, na Zona Sul do Rio. O cervejeiro belga Xavier Depuydt, que está no país há 18 anos, acredita que após esta vitória, a seleção belga pode chegar à final. Já na Casa da Rússia, espaço aberto no Aterro do Flamengo por uma comissão da Rússia, anfitriã da Copa de 2018, a derrota não tirou o ânimo dos torcedores que assistiram ao jogo por lá. Entre russos e brasileiros, a torcida fez barulho e ainda acredita na classificação.

Chuva de gols em Curitiba
Curitiba foi a cidade-sede com o maior número de gols neste domingo: quatro da Argélia e dois da Coreia do Sul. Os milhares de argelinos que vieram ao país com ingressos para todos os jogos de seu time comemoraram a boa pontaria de seus jogadores –na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, a Argélia foi eliminada na fase de grupos sem balançar a rede nos três jogos—e o recorde histórico: pela primeira vez um país africano faz quatro gols em uma partida de Copa de Mundo. Além disso, neste domingo a Argélia quebrou um jejum de 32 anos sem vencer um jogo de Copa.
(Foto: AP)

Agora, o time ainda segue vivo, já soma cinco gols no mundial e pode garantir a classificação na terceira rodada. A última vez que o país norte-africano ganhou uma partida de Copa do Mundo foi em 1982.

– CRÔNICA: Saiba como foi a partida entre Coreia do Sul e Argélia

A festa tomou conta dos milhares de argelinos que vieram ao Brasil acompanhar os jogos de sua seleção e têm feito barulho por onde passam. Em Porto Alegre, argelinos invadiram um trio elétrico antes do jogo e“atacaram de DJ”, tocando músicas típicas de seu país para os torcedores que estavam as ruas.

Já os torcedores coreanos também se fizeram presentes no estádio e até gravaram um clipe para um canal de televisão coreano. Um grupo aproveitou a manhã do domingo para ir à missa em coreano, uma tradição mensal na Igreja Pompeia, em Pronto Alegre. A reza, porém, não ajudou o time dentro de campo…

Embora não sejam das mais tradicionais na Copa do Mundo, as torcidas de Argélia e Coreia espalharam muita alegria e sorrisos pelo Rio Grande do Sul neste domingo. Havia até um casal de turistas representando os dois países. O argelino e a sul-coreana se conheceram em Paris, e dizem que brigam muito durante a partida, mas depois fazem as pazes.

 

(Foto: Fernanda Canofre/G1)

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »