Professora evangélica é denunciada por racismo e preconceito religioso contra criança

nov 27 • Geral • 1289 Visualizações • Nenhum comentário em Professora evangélica é denunciada por racismo e preconceito religioso contra criança

O crime denunciado pela mãe de uma aluna de apenas oito anos, aconteceu em várias oportunidades em uma sala de aula na escola Padre Chiquinho em Porto Velho, localizada na Avenida Campos Sales, região central, onde uma menina de apenas oito anos sofria preconceitos raciais, discriminação e era humilhada por uma professora.
Segundo boletim de ocorrência de nº 14E1003006967 a criança era chamada pela professora de: “preta do diabo”, “endemoniada”, “satanás” e outros xingamentos, pelo fato da estudante ter dito na sala de aula que é de uma família católica e a professora ser evangélica da igreja Universal.

A criança disse ainda que a professora obriga todos os alunos a seguirem a sua religião. Em algumas oportunidades a acusada teria mandado os alunos se juntarem e colocarem as mãos na cabeça da menor para segundo ela expulsar um possível demônio que a criança possui, causando assim grande constrangimento a ela.

A mãe da menor quando soube desses fatos foi até a escola e encontrou a professora na diretoria, onde foi recebida a gritos, seguidos de palavrões. A professora disse à mulher que ela poderia procurar quem for que não ia dar em nada.

Depois de ser agredida verbalmente a mãe da aluna disse que a diretora da escola falou que ia procurar uma outra sala para colocar a aluna, porém a comunicante com medo de algo pior acontecer com sua filha não aceitou, deve tirar a criança da instituição de ensino e registrou ocorrência. O caso será apurado pelo delegado responsável pelo DP.

Fonte: Rondoniaovivo

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »