Brasileira ganha prêmio alemão de sustentabilidade com projeto de pesquisa focado na Política Nacional de Resíduos Sólidos

Brasileira ganha prêmio alemão de sustentabilidade com projeto de pesquisa focado na Política Nacional de Resíduos Sólidos

 

Especialista em Direito Ambiental e Políticas Públicas, a mineira Tatianna Mello Pereira da Silva, 27 anos, está entre os 25 cientistas mais promissores de todo o mundo que ganharam a sexta edição do Green Talents Award, um dos maiores prêmios mundiais no campo da sustentabilidade conferido pelo Ministério Federal de Educação e Pesquisa da Alemanha (BMBF). O seu projeto de pesquisa, com foco no levantamento dos motivos que impedem o avanço da Política Nacional de Resíduos Sólidos no Brasil, impressionou o júri formado pelos maiores especialistas em sustentabilidade e pesquisa da Alemanha, em meio a 800 candidaturas de mais de 100 países.

O trabalho da brasileira tem o objetivo de testar a hipótese erigida pelo Governo Federal do Brasil e avaliar se a integração de cooperativas de catadores de material reciclável em sistemas formais de coleta seletiva e logística reversa, de fato, contribuiu para a inclusão social e emancipação econômica do grupo. A pesquisa visa, ainda, produzir recomendações sobre como governo, empresas, sociedade civil e catadores podem atuar de forma coordenada e eficiente na busca da tríade inclusão-emancipação-reciclagem. Como pano de fundo, a pesquisa pretende trazer para o Brasil o debate acerca da economia circular, que vem ganhando força na Europa, conjugando os princípios promovidos por esse modelo com a ideia de economia social e solidária, já conhecida do discurso acadêmico e político no nosso país. Hoje o Brasil perde R$ 8 bilhões anualmente por reciclar apenas 4% dos resíduos coletados pelas prefeituras (162 toneladas de lixo são produzidas diariamente no País).

Desde 2009, o BMBF realiza o “Green Talents – Fórum Internacional para Iniciativas de Alto Potencial em Desenvolvimento Sustentável”, que tem por objetivo de promover o intercâmbio internacional de ideias relativas à soluções ecológicas. O prêmio, que tem como patrona a Ministra, Professora Johanna Wanka, homenageia, a cada ano, 25 jovens pesquisadores de todo o mundo. Os vencedores são oriundos de várias disciplinas científicas e são reconhecidos por seus trabalhos que visam tornar a nossa sociedade mais sustentável. Os Green Talents 2014 foram selecionados por um júri de especialistas alemães de alto nível e terão acesso exclusivo à elite no campo da pesquisa em sustentabilidade no país. Isto inclui:

· Convite para participar na Alemanha, em 2014, do fórum científico com duração de duas semanas, com todas as despesas pagas. Durante a visita à Alemanha, os principais centros de pesquisa abrirão suas portas para os Green Talents, oferecendo a eles uma visão exclusiva de suas instalações e projetos.

· Chance de apresentar a si mesmos e o seus trabalhos em diálogos pessoais, realizados como parte de reuniões individuais com especialistas de sua escolha (durante o fórum científicoas semanas).

· Um segundo convite para visitar a Alemanha em 2015, para uma estadia de pesquisa integralmente patrocinada de até três meses. Em um centro inspirador de sua escolha, os Green Talents irão adquirir novas experiências e progredir em suas carreiras profissionais, ao mesmo tempo em que estabelecerão parcerias duradouras.

· Acesso exclusivo à “Rede Green Talents”, composta por mais de 100 iniciativas de alto potencial em desenvolvimento sustentável, de mais de 35 países.

Seguem mais informações sobre a premiação, que será entregue pela Ministra de Pesquisa da Alemanha, Prof.ª. Johanna Wanka, no dia 7 de Novembro, em Berlim.

Se tiver interesse em saber mais sobre o prêmio, conversar com a vencedora brasileira ou com os demais ganhadores, por gentileza entre em contato.

Estou à disposição

Obrigada e um abraço

 

Fonte:www.portaldomeioambiente.org.br

 

Marcos Neris

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *