Operários de Rondônia levados para Belo Monte são humilhados e devolvidos

jan 29 • Destaque, Notícias • 1592 Visualizações • Nenhum comentário em Operários de Rondônia levados para Belo Monte são humilhados e devolvidos

Operários que foram levados para trabalhar na obra da Usina de Belo Monte, no Pará, por meio do Sistema Nacional de Empregos (Sine) de Rondônia, retornaram a Porto Velho  e alegam diversas irregularidades relacionadas ao trabalho.

O grupo saiu da capital no dia 18 de janeiro para trabalhar em Belo Monte. Os operários chegaram a fazer alguns exames, e quando achavam que a contratação seria efetivamente realizada foram surpreendidos com a notícia de que seriam devolvidos a Rondônia, antes mesmo de conhecer o canteiro de obras.

“Nós fomos questionar que nós não iríamos, aí chamaram a Guarda Nacional para tirar a gente de lá logo. Não tivemos chance de falar momento nenhum. Fomos humilhados. Nós  fomos recrutados daqui [Porto Velho]”, afirma Francisco Coelho Esteves, vibradorista.

Todos os trabalhadores deixaram família em Porto Velho. Alguns, segundo o grupo, venderam móveis e se desfizeram de outros bens para tentar a vida no Pará. “Tive que vender fogão, geladeira, cama, televisão. Vendi tudo pra ter o dinheiro e sair [de Porto Velho]”, conta o pedreiro João Ribeiro Neto.

Os operários alegam que não receberam nenhuma assistência da empresa e, desempregados, tentam, de novo, uma chance no mercado de trabalho. “Saímos de Altamira, fomos expulsos tipo cachorro, cheio de conta, três filhos pequenos. Quem é que vai dar de comer se eu não trabalhar?”, questiona Eder Matos, pedreiro.

A equipe do Bom Dia Amazônia procurou a direção do Sine estadual, que informou apenas intermediar o contato dos trabalhadores com o consórcio construtor de Belo Monte. Mas, com esta denúncia, algumas providências devem ser tomadas. De acordo com a gerência do órgão, por conta do problema, o Sine irá suspender a intermediação entre empresa e trabalhador.

Até o fechamento da reportagem, nenhum representante do consórcio construtor da usina retornou às solicitações para esclarecer o assunto.

 

Fonte:G1 Ro

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »