Prefeitura de Monte Negro vai intensificar fiscalização sobre descarte irregular de lixo‏

fev 6 • Notícias • 1292 Visualizações • Nenhum comentário em Prefeitura de Monte Negro vai intensificar fiscalização sobre descarte irregular de lixo‏

Devido ao grande acúmulo de lixo jogado na beira da Linha 25, próximo ao lixão municipal, a prefeitura de Monte Negro decidiu tomar medidas mais duras para acabar com a poluição praticada por pessoas, mercados, açougues e matadouros que estão jogando carcaças de bois e entulhos na beira da pista.

 

A secretária-geral da prefeitura, Sônia Félix, já pediu para que a secretaria de Obras realize a limpeza ao lado da pista e informou que a Secretaria de Meio Ambiente (SEMA) vai realizar fiscalizações no local pra notificar e multar quem jogar lixo no local. Tudo deve ser descartado na área pertencente ao aterro sanitário e não na beira da estrada. “Deveríamos utilizar a regra da logística reversa, que é quando os açougues deveriam voltar os ossos para o matadouro e eles decidiriam o que fazer com os restos do animal. Mas na prática, o que ocorre é um descarte incorreto, que suja a cidade e traz risco de doenças para a população”, afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente, Marivaldo Pereira.

 

Ações

 

O plano da SEMA é aumentar a fiscalização e as multas, mas a situação está engatinhando. “A descentralização do Meio Ambiente aconteceu tem pouco mais de um ano. A estrutura ainda é pequena com dois fiscais e o secretário. Estamos pleiteando o retorno de mais uma funcionária que já trabalhou com a Sedam e Ibama com grande experiência no setor, o que vai nos ajudar muito nesse ponto”, afirmou Marivaldo.

 

A prefeitura de Monte Negro, em breve, vai fazer o descarte correto dos resíduos da cidade com a participação em um grande projeto composto por 14 municípios. “É um grande plano de gerenciamento de resíduos sólidos urbanos. Fazemos parte do consórcio Cisan, que será um aterro sanitário enorme em Ariquemes, composto por 14 municípios. Teríamos o prazo para começar os trabalhos no local até agosto de 2014, mas dificilmente será cumprido. O prefeito de Ariquemes vai pedir um financiamento de 43 milhões de reais ao BNDES para terminar o aterro”, destacou o secretário.

 

Fonte:Assessoria

lixo01

 

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »