PM prende suposto integrante de movimentos sem terras por transporte ilegal de madeira e porte ilegal de arma de fogo

fev 16 • Polícia • 1915 Visualizações • Nenhum comentário em PM prende suposto integrante de movimentos sem terras por transporte ilegal de madeira e porte ilegal de arma de fogo

Por volta de 17 horas de quarta-feira, 12/02, a guarnição do Grupo de Operações Especiais (GOE) do Sétimo Batalhão de Polícia Militar, realizaram a prisão de Manoel Rocha Nunes, 47 anos e José Lucio da Silva, 49 anos, pela prática do crime ambiental de transporte ilegal de madeira e porte ilegal de arma de fogo, na LC 30, Zona Rural do Município de Monte Negro.

Os Policiais Militares estavam em patrulhamento rural no intuito de coibir a prática de ações criminosas na Zona Rural da Região do Vale do Jamari, quando visualizaram um caminhão Mercedez Benz, modelo 1130, placa NCD 0557, carregado com toras de árvores cortadas. Após abordagem policial o condutor do veículo foi identificado como Manoel Rocha Nunes, e durante revista no interior do veículo os Policiais Militares localizaram um revólver cal.32 com quatro munições intactas. Ao ser questionado acerca das toras, Manoel disse aos Policiais Militares que a madeira era oriunda de extração ilegal. Como Manoel também não tinha autorização legal para portar arma de fogo o mesmo recebeu voz de prisão pelo porte ilegal de arma de fogo e transporte ilegal de madeira.

Manoel também disse aos Policiais Militares que é membro do assentamento (Sem Terras) Élcio Machado, e que tem um lote demarcado naquela região, pois paga a quantia de R$ 400,00 por mês aos líderes do movimento, para ter direito ao lote. Disse também para poder ter autorização para extrair a madeira, precisa pagar 20% do valor para os líderes do assentamento.

Durante o deslocamento para a Delegacia de Polícia os Policiais Militares visualizaram um segundo caminhão, sendo este um Mercedez Benz, modelo 2318, placa NBR-9846 Buritis/RO, atolado em um lamaçal, onde após a abordagem policial o condutor do veículo foi identificado como José Lucio da Silva, não foi localizado nada de ilícito com o mesmo, porém o ser questionado sobre a origem da madeira que estava em seu caminhão, José disse aos Policiais Militares que a referida madeira havia sido retirada dos fundos da Fazenda Santa Maria, local onde atualmente há conflitos agrários. Diante da situação José também recebeu voz de prisão pela prática de transporte ilegal de madeira.

Os infratores foram conduzidos até a Delegacia de Policia Civil de Ariquemes, onde após a confecção do boletim de ocorrência policial ambos foram entregues a Autoridade de Policia Judiciária para a adoção das medidas cabíveis.

Com esta ação o Sétimo Batalhão de Polícia Militar contabiliza 13 armas de fogo apreendidas no ano de 2014, fato este que contribui para a segurança no Vale do Jamari.

 

Fotne:Buritis Online

TORAS TORAS01 TORAS02 TORAS03

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »