QUADRILHA PRESA NO AMAZONAS COM APOIO DA POLÍCIA DE RONDÔNIA PLANEJAVA MATAR DELEGADO

dez 1 • Destaque, Polícia • 1348 Visualizações • Nenhum comentário em QUADRILHA PRESA NO AMAZONAS COM APOIO DA POLÍCIA DE RONDÔNIA PLANEJAVA MATAR DELEGADO

A Polícia Civil do Amazonas explicou neste sábado que a Operação Rio Madeira, desencadeada na sexta-feira em Humaitá conseguiu prender uma quadrilha de traficantes que pretendia matar o delegado da cidade e outras autoridades. A operação, cumpriu 22 mandados de prisões e 22 mandados de busca e apreensão, aprendeu vários carros e drogas e descobriu os planos de traficantes.A operação foi realizada em parceria com a Polícia Civil de Rondônia. O grupo enviava os entorpecentes da capital Porto Velho à Humaitá para depois distribuí-los para Manaus.
O diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) do Amazonas, delegado Sandro Sarkis, destacou o resultado dos trabalhos. “Com a finalidade de intensificar as ações de combate ao tráfico de drogas no município e o tráfico interestadual, a Polícia Civil se faz presente no interior, e conseguiu obter êxito ao desarticular uma rede formada por traficantes em uma positiva ação integrada”, destacou.
Durante as investigações em Humaitá, a Polícia Civil monitorou 36 suspeitos, executando prisões em flagrante por tráfico e apreendendo armas de fogo e drogas, para desarticular o crime organizado e o narcotráfico doméstico na cidade. Também foram presas 21 pessoas e apreendidos carros e motos. A operação também contou com o apoio das Delegacias Especializadas em Prevenção e Repressão a Entorpecente (Depre) e Homicídios e Sequestros (DEHS), além do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera) e Grupamento de Operações Aéreas (GOA).
Segundo a polícia, a droga traficada saía de Porto Velho, ia até Humaitá, e de lá era distribuída até Manaus e adjacências. Foram mais de 6 meses de investigações com o DRCO da Polícia Civil do Amazonas em conjunto com a Secretaria de Segurança de Rondônia.

Fonte: RONDONIAGORA

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »