Suspeito atira na própria perna, busca atendimento em UPA e é preso em RO

out 21 • Polícia • 1390 Visualizações • Nenhum comentário em Suspeito atira na própria perna, busca atendimento em UPA e é preso em RO

Um homem de 20 anos foi detido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Leste de Porto Velho, onde buscou atendimento após ter atingido a própria perna com um tiro durante um assalto, na tarde desta segunda-feira (20), no bairro Cuniã. O suspeito foi até a UPA depois de assaltar uma residência e atirar contra o dono da casa, a mulher dele e a filha do casal, de nove anos de idade. As vítimas foram socorridas e não correm risco.

Uma das vítimas, um pintor de 42 anos, estava chegando em casa após o trabalho, por volta de 18h, trazendo pão e leite para a esposa e a filha, quando foi surpreendido pelo o homem e um adolescente de 16 anos, armados. O pintor achava que o suspeito estava com a arma sem munição e tentou desarmá-lo. “Ele mandou eu deitar no chão, quando ajoelhei, ele apertou o gatilho, mas não saiu nada e pensei que estava sem munição. Resolvi voar nele e ele atirou de novo e me atingiu no braço”, disse a vítima. O suspeito atirou mais algumas vezes, atingindo a própria perna, o dedo do pé da dona de casa e a mão da crian

Após a confusão, os bandidos fugiram, levando dois celulares das vítimas e a chave de uma motocicleta. Uma vizinha estava em frente de casa quando ouviu o barulho dos tiros. “Algumas crianças estavam jogando bola na rua e ouvimos o barulho, um menino até falou que era tiro e eu saí correndo pra dentro de casa e liguei pra polícia, mas ainda consegui ver um bandido saindo correndo”, disse a mulher, que não quis se identificar.

Por volta das 20h, a Polícia Militar foi informada de que um homem baleado estava sendo atendido na UPA da Zona Leste. O suspeito estava com a mãe e a esposa na unidade de atendimento e confessou o crime, devolvendo os celulares roubados. Após ser atendido, ele foi levado para a Central de Flagrantes e encaminhado para a Penitenciária de Médio porte, o Pandinha.

O assaltante detido informou o endereço do adolescente que conseguiu fugir. A mãe do infrator ligou pedindo para ele ir para casa conversar com a PM, mas ele não quis dizer onde estava escondido. A polícia vai continuar tentando localizar o adolescente.

As vítimas foram socorridas e levadas para o Hospital João Paulo II e estão fora de risco de morte. A mulher passou por uma cirurgia no dedo e aguarda para receber alta médica. E a criança foi atendida e liberada na segunda-feira à noite. Segundo outra moradora do bairro, a casa já foi assaltada algumas vezes. O pintor disse não ter condições de ficar mais na casa, que é alugada.

 

Fonte:G1

 

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »