Deputado Adelino Follador homenageia 15 personalidades de Rondônia

nov 21 • Política, Todas as Notícias • 49 Visualizações • Nenhum comentário em Deputado Adelino Follador homenageia 15 personalidades de Rondônia

Na noite de terça-feira (14) foram agraciadas com a Medalha do Mérito Legislativo, em cerimônia pública realizada no Auditório da Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (ACIA), 15 personalidades que marcaram a história de Rondônia, através de suas atuações.

A Medalha do Mérito Legislativo é concedida pela Assembleia Legislativa a cidadãos que tenham prestado relevantes serviços à sociedade rondoniense. Na solenidade em Ariquemes as honrarias foram entregue pelo deputado Adelino Follador (DEM), autor da proposição.

Adelino Follador destacou o trabalho dos agraciados, sendo eles pioneiros professores e servidores públicos. “Esta é uma forma de agradecimento e reconhecimento do trabalho importante destes homens e mulheres que contribuíram e contribuem para o desenvolvimento da nossa região, de Rondônia e consequentemente do Brasil”, comentou.

Homenageados
Expedito Páscoa dos Santos – Esteve aqui em 1970, na então Vila Velha, estabelecendo residência em Ariquemes no ano de 1978, atuando profissionalmente como mecânico de veículos e comercialização de peças usadas. Como membro atuante da Igreja em que congrega prestou relevantes trabalhos sociais. Em 1999 fundou a Associação Recreativa do Mecânicos de Ariquemes (ARMA). Expedito colaborou de forma importante com o progresso de Ariquemes e orgulhosamente disse: “vi Ariquemes crescer”.

Francisco Reginaldo Joca – Nascido em Ibiara na Paraíba, formou-se em direito na primeira turma da Universidade Federal de Rondônia. Especializou-se em Metodologia do Ensino Superior, Direito do Trabalho e Processo Eleitoral. Sua primeira atuação em Rondônia foi no ano de 1973 como técnico agrícola no Incra em Cacoal. Executor-chefe do Projeto Integrado de Colonização (PIC) em Ji-Paraná de 1973 a 1976. Executor-Chefe do PIC de Guajará-Mirim entre 1976 a 1977. Prefeito nomeado do município de Cacoal e Extensionista Agrícola da Emater entre 1978 e 1980. Defensor público na Fundação de Assistência Judiciária de Rondônia (Funajur), em Porto Velho por toda década de 90. Presidente da Funajur de 1991 a 1993. Secretário adjunto da Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania do Estado de Rondônia (Sejuci) e vice-presidente do Conselho Estadual de Entorpecente de 1993 a 1994. Professor na área do Direito na Fatec em Porto Velho de 2000 a 2004. Consultor Jurídico da Ceron de 2003 a 2006. Juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de 2006 a 2010. Presidente da Escola Judiciária do TRE de Rondônia 2009/2010 e procurador geral do município de Cacoal de dezembro 2013 a março de 2014.

Lucas Henrique da Silva – Nasceu em Ji-Paraná, passou a infância e a adolescência em Cacoal, Alvorada D’ Oeste, Alta Floresta D’ Oeste e Rolim de Moura. Mudou-se em 2000 para Buritis e reside em Ariquemes desde 2011. É técnico contábil, com licenciatura plena em Educação Física, pós-graduação em Planejamento Educacional e Docência. Servidor público, lotado como técnico tributário da Secretaria de Estado de Finanças (Sefin) de Ariquemes. Professor voluntário de judô na Escola Estadual Anísio Teixeira. De 2000 a 2009, fundou e dirigiu o Clube de Judô Buritis, desenvolvendo o Projeto “Judô na Escola”, onde atendeu gratuitamente mais de 400 alunos, levando a conquista de inúmeros resultados esportivos. Entre 2009 e 2010 desenvolveu o Projeto Judô Cândido Portinari, na escola em que concluiu o ensino médio em Rolim de Moura. Em 2011 iniciou o Projeto “Judô Anísio” na Escola Anísio Teixeira, que já chegou a atender cerca de 200 alunos. Obteve inúmeros títulos estaduais e nacionais em Jogos Escolares. No entanto, Lucas considera que os resultados mais importantes do projeto estão relacionados a melhoria do rendimento escolar e os benefícios positivos na conduta, nas relações pessoais, na participação e desempenho dos alunos no dia a dia da escola. Desse projeto também resultou a fundação do Judô Clube Ariquemes, entidade sem fins lucrativos que propicia a participação dos alunos em competições federativas, tendo o clube consagrando-se Campeão Estadual Masculino em 2016, apenas com alunos do projeto.

Maria Cristina Ayres – Moradora de Ariquemes desde 1977 tem em seu currículo dezenas de cursos voltados para a Educação, Políticas Públicas e Sociais, temas que se tornou especialista. Em 1989 atuou como coordenadora na criação e implantação do grupo de voluntários e Projeto Renascendo Adolescentes em situação de exploração sexual. Em 1990 trabalhou no atendimento de crianças e adolescentes, tirando da rua para inseri-los em educação profissional. De 1991 a 2001 foi coordenadora do projeto direcionado a famílias em situação de risco social. No cargo de secretária municipal de Ação Social inaugurou o Centro de Convivência do Idoso; inaugurou e entregou o Centro da Juventude na área institucional e no setor 10; atuou na criação do Conselho de Direito da Criança e do Adolescente e a implantação do Conselho tutelar de Ariquemes; organizou e implantou o Conselho do Idoso, Conselho da Assistência Social; fomentou a criação do conselho antidrogas; implantou a central de cadastramento único no município; organizou e executou a 1º plenário regional de políticas para as mulheres. Em 2004 implantou a descentralização das medidas socioeducativas em meio aberto; em 2005, como diretora geral, organizou e planejou junto ao Poder Judiciário e comunidade a implantação do Cesea- Centro Socioeducativo de Ariquemes; em 2008 implantou o projeto mãos que acolhem; atuou na formação dos funcionais do Ceejaar; participou da criação da Casa Lar Junto Construímos; em 2015 assumiu a direção geral da Casa da Criança Francisco de Assis e da Casa lar juntos construímos; Maria Cristina segue atuando no Cesea como professora das séries iniciais.

Osvino Shmidt – Chegou em Rondônia no ano de 1983, com 18 anos de idade vindo do Paraná. Estabeleceu-se na Linha C-45 da BR 364 no município de Ariquemes, em 1987, foi convidado a lecionar na Escola Rural Plínio Salgado, da Linha C-45, em 1989 passou no concurso público para ser professor classe “A”, no governo do Estado de Rondônia, foi diretor da Escola Municipal Magdalena Tagliaferro, em 1990 assumiu o Departamento de Administração da Secretaria Municipal de Educação de Ariquemes, em 1991 foi diretor da Escola Roberto Turbay no setor 10 e em 1993 foi diretor da Escola Estadual Francisco Alves Mendes Filho, no Setor 09, em 1995 na escola estadual Heitor Villa Lobos, atuou como professor de Física e em 2010 passou no concurso para professor de Ensino Técnico e Tecnológico no Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Rondônia, no mesmo ano foi nomeado diretor de ensino no Ifro onde permaneceu no cargo até maio de 2013, quando foi eleito Diretor Geral do Campus de Ariquemes, cargo que ocupa atualmente. No Ifro assumiu outros cargos como coordenador do Curso em Ciências Biológicas, membro dos Conselhos Superior e Escolar. Durante sua carreira de Docente em Ariquemes também atuou nas escolas particulares Dinâmico, Ateneu, Kepler e Faema, nesta última foi diretor do Centro Educacional Fênix e coordenador do Curso de Licenciatura em Física. Participou do Comitê Municipal de Educação e Cidadania como membro da equipe técnico-pedagógica, em 2006 recebeu o título de Cidadão Honorário de Ariquemes concedido pela Câmara Municipal, em 2013 recebeu Monção de Aplausos pelos trabalhos relevantes realizados na Educação do Município também pela Câmara Municipal de Ariquemes.

Atevaldo Valentin dos Santos – Em 1987 ingressou na Polícia Militar do Estado de Rondônia. Após conclusão do curso de formação de soldados PM, foi designado para servir na cidade de Ariquemes, trabalhou incansavelmente vencendo as intempéries e dificuldades da época seja na área urbana, rural, núcleos, distritos, garimpo bom futuro. Em 1996, após promoção de Cabo PM, se destacou a frente do comando da Polícia Militar em Monte Negro, realizando trabalhos preventivos nas escolas e comunidade. Em 2002, após aprovação em primeiro lugar no curso de sargentos PM se voluntariou a servir em Buritis ocupando o cargo de subcomandante da PM onde iniciou as atividades do Programa Educacional de Resistência as Drogas e a Violência (Proerd) e mantem-se até hoje. Em 2011 foi aprovado no curso de oficiais PM, em 2014 pediu aposentadoria. Foi contratado para exercer às atividades do Proerd no Vale do Jamari, onde atua incansavelmente desde o ano de 2016. Além do Serviço Militar operacional, o 1º tenente Valentin se dedicou e dedica-se na prevenção ao uso de drogas e a violência, tanto com o Proerd, que é sua maior paixão, bem como com palestras para pais e também para os trabalhadores das indústrias de Ariquemes e região.

Ivo Lopes Ferreira Neto – É um dos precursores do Corpo de Bombeiros em Ariquemes, atuou brilhantemente na prestação de socorro, combate a incêndios e dirigente do ABT. Em 1995 foi para Cacaulândia, atuando por 2 anos no município. Teve participação direta na implantação da Polícia Militar Rodoviária no ano de 2010; sendo o comandante das equipes que mantinha atuação em todos os municípios do Vale do Jamari. Juntamente com o sargento Ferreira, do 7º BPM, realizaram diversos patrulhamentos na Zona Rural, com muito esforço tiveram sucesso na prevenção a criminalidade e prisão de diversos criminosos na área rural de competência do 7º Batalhão.

Veraldino Marinho da Silva – Oriundo de Pirapozinho, interior do Estado de São Paulo, foi contratado para servir a Polícia Militar do ex-território de Rondônia, iniciou o curso de soldado PM na cidade de Porto Velho, formando-se em 1987, sendo lotado no 4º Pelotão 2ª Companhia / 2º Batalhão PM (Ariquemes), hoje 7º Batalhão PM. Veraldino é um dos componentes da primeira guarnição que adentrou o garimpo Bom Futuro em agosto de 1987. Cumpriu a primeira missão em Buritis antes da criação do núcleo habitacional. Bacharel em Administração, durante os 30 anos servindo a Polícia Militar. No decorrer de sua carreira prestando serviço à comunidade, recebeu várias referências elogiosas, podendo citar 50 elogios em folha, medalhas por dedicação, Mérito Forte Príncipe da Beira e Jubileu de 40 anos de PM, e por diversas vezes foi homenageado pela população ariquemense em forma de gratidão e reconhecimento pelos serviços prestados.

ANDRÉ Luis Sousa Campos de Oliveira – Cirurgião dentista e pastor nasceu em Bom Conselho, no Pernambuco no ano de 1975, com apenas 1 ano de vida veio com os pais para Rondônia, aos 15 anos retornou ao Nordeste para concluir o ensino médio em seguida ingressando na Universidade Federal da Paraíba, no curso de odontologia, ao concluir a graduação voltou para Rondônia e dedicou-se por um tempo aos estudos, pois o sonho agora era realizar a primeira pós-graduação na renomada USP, e assim foi na mesma época foi aprovado no concurso da Prefeitura Municipal de Ariquemes. Em 1997 retorna a sua cidade natal, apenas para realização do casamento, retornando com a esposa para constituir um lar e dar início a sua carreira na ciência do sorriso. Em 2001 os fatos que marcaram sua vida foram: o falecimento de seu pai, o nascimento de seu primeiro filho e início da carreira eclesiástica na Igreja Evangélica Assembleia de Deus. Em 2003, com sua família e alguns amigos, realizaram o 1º Aviva Ariquemes. A partir do 14º Aviva Ariquemes, nasce um novo projeto, a realização de atendimentos médicos, no “Aviva Solidária” realizado ao longo do ano em alguns bairros da cidade com ações médicas, odontológicas, orientação jurídica, atendimento psicológico, corte de cabelo, ações educativas, dicas e distribuição de cestas básicas.

Francisco Hidalgo Farina Paco – Bacharel em Administração de Empresas e pós graduado em Gestão de Negócios veio para Rondônia, com seus pais, do Estado do Paraná em 1976, com o objetivo de formar fazenda trabalhou principalmente com lavouras de café e cacau. Foi o primeiro agricultor de Rondônia a trabalhar com colheitadeira, isso no ano de 1984 é pioneiro e incentivador do agronegócio, como exemplo em gerenciamento e investimento, também é pioneiro no cultivo da soja na região do Vale do Jamari, desde 2001 tem se destacado na produção de grãos. Com visão positiva em novos setores, Paco também é criador de peixe em cativeiro, no comércio é sócio de um escritório de contabilidade e proprietário de uma loja de confecções, com inúmeros trabalhos em ações sociais. Atualmente preside a maior Associação Comercial e Industrial de Rondônia.

Isaias Vieira dos Santos – Com 65 anos de idade é nascido na cidade de Porto Velho, portanto, rondoniano. Pedagogo iniciou sua carreira como diretor da escola Major Guapindaia em Porto Velho, desempenhou funções na Seduc chegando a ocupar o cargo de secretário adjunto. Foi também secretário adjunto da Secet no governo Teixeirão, coordenando eventos significativos para o Estado como a Flor do Maracujá e JIR. Há 20 anos em Ariquemes, foi secretário municipal de Educação na gestão de Francisco Sales. Como técnico em planejamento atuou na elaboração de vários projetos e planos significativos para desenvolvimento do município, dentre eles habitação, agricultura, educação, regularização fundiária e plano diretor participativo. É técnico em seguridade social desde 1979 e até hoje é servidor público federal do INSS.

José Warcken – Foi agricultor em Ariquemes aonde chegou em 1977; desde1985 é padre da Arquidiocese de Porto Velho. Especializou-se em Filosofia e Teologia, cursou parapsicologia com Padre Oscar Guevedo, no Centro Latino Americano de parapsicologia de São Paulo; na cidade do Rio de Janeiro, em 1994, concluiu o curso de Política Técnica e Pública; entre os anos de 1989 e 1992 foi pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Nossa Senhora do Rosário em Porto Velho. Em 1992 foi assessor da Universidade Federal de Rondônia. Ainda em Porto Velho nos anos de 1992 a 1993, atuou na Paróquia Nossa Senhora do Amparo. De 1993 a 1995 foi assessor vocacional arquidiocesano. De 1994 a 1998 foi assessor do governador, Assembleia Legislativa e na Prefeitura Porto Velho. De 1994 a 2000 atual na Paróquia São José Operário também em Porto Velho. De 1995 a 2000 foi assessor direto do arcebispo no “Conselho Presbiteral e Consultor”. De 1996 a 1999 foi assessor da Pastoral Familiar; De 1998 a 2000 foi diretor da Rádio Caiari AM. Em Ariquemes desde 2000 atua na Paróquia Cristo Rei; Desde 2010 é reitor no Santuário de São Peregrino e desde 2014 é o coordenador de Pastoral do Vale do Jamari.

Maria Alzira Ribeiro Cavalcante – Desde setembro de1982, até a presente data, é oficial no Cartório de Ofício de Registro de Imóveis, Título de Documentos e Pessoa Jurídica de Ariquemes; nos anos de 1972 a 1975 foi professora em Guajará-Mirim e Ouro Preto do Oeste; de 1975 a 1978 foi extensionista social da Emater; Trabalhou na Prefeitura de Ariquemes na Biblioteca Pedro Batalha (antiga Casemiro de Abreu); em 1979 atuou no Banco do Brasil. Maria Alzira tem formação em Licenciatura de Letras; com especializou em Magistério Superior, Direito Material e Processual Civil, Direito Registral Imobiliário e em Linguística. Maria Alzira é palestrante no grupo de jovens, curso para noivos e catequista na Paróquia São Francisco de Assis e Paróquia Cristo Rei.

Sergio Carvalho de Andrade – Concluiu medicina pela Universidade Federal do Paraná – entre os anos de 1976 a 1981; veio trabalhar no governo do ex território de Rondônia no ano de 1981; Trabalhou no Hospital Municipal de Ariquemes durante 30 anos, onde fez mais de 15.000 cirurgias entre os anos de 1982 a 2010; foi secretário adjunto de Saúde do Estado em 1995; e secretário Municipal de Saúde em Ariquemes em 1999, também prestou serviços de atendimento médico em Cacaulândia. Doutor Sergio Andrade atualmente faz atendimentos no Hospital São José.

Vitor José Furini – Contador, Bacharel em Direito, empresário Arbitro Conciliador, casado com a professora Irene Moura Furini. Chegou a Rondônia em 1973, seu primeiro trabalho foi na empresa Agro Máquinas Paraná, hoje Implemaq, na época com sede em Vila de Rondônia, hoje Ji-Paraná; em Ariquemes desde abril de 1978, é fundador do SPC no município; estabeleceu o 3º Escritório Contábil da Cidade; É membro fundador da ACIA; Foi o primeiro agente de viagens com atendimento de vôos da empresa Taba Transportes Aéreos da Bacia Amazônica no ano de 1980; Associado ao Lions Clube de Ariquemes Centro desde o ano de 1984; membro filiado ao partido Democratas desde o período em que era PFL, tendo atuado como secretário executivo e membro da executiva do partido e o único cargo público exercido foi entre os anos de 1999 a 2003, como diretor da 2ª Ciretran de Ariquemes.

ALE/RO – DECOM – Assessoria
Foto: Assessoria

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »