Detran considera “desastroso” uso de prova em concurso público para atingir senador Ivo cassol

jun 17 • Política • 1320 Visualizações • Nenhum comentário em Detran considera “desastroso” uso de prova em concurso público para atingir senador Ivo cassol

Da redação do Tudorondonia

 

A direção geral do Detran divulgou nota nesta segunda-feira repudiando a atitude do Instituto de Desenvolvimento Educacional , Cultural e Assistencial Nacional (IDECAN), responsável pela elaboração e aplicação das provas do concurso público daquela autarquia no último dia 6. O tal instituto colocou na prova uma questão falsa a respeito do senador Ivo Cassol, um dos principais adversários políticos do governador Confúcio Moura (PMDB).

Na prova do Detran, o Instituto fez constar uma pergunta a respeito de qual  município o senador , condenado por fraude em licitação, havia sido prefeito na época do cometimento do crime. A resposta era Rolim de Moura, mas o Idecan acrescentou que Cassol , além de condenado pelo Supremo Tribunal Federal, havia sido preso.

O senador , de fato,  foi condenado pelo STF a quase cinco anos  de prisão em regime semiaberto por fraude em licitação quando foi prefeito de Rolim de Moura, mas não é verdade que ele foi preso.

Em sua nota , assinada pelo diretor geral adjunto, Antônio Manoel Rebelo Chagas, e pela diretora geral, Solange Gurgacz, o Detran repudia a atitude “inoportuna e constrangedora” do instituto e solicita explicações sobre o episódio que considera “desastroso”.

Segundo o Detran, nenhum servidor do órgão teve acesso ao conteúdo das provas.

O Detran está sob o comando da família Gurgacz, dona da empresa União cascavel, que sofreu devassa da Secretaria Estadual de Finanças durante o Governo de Ivo Cassol.

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »