Cantor conta que Jesus o ressuscitou após ficar 8 horas morto

fev 15 • Gospel • 244 Visualizações • Nenhum comentário em Cantor conta que Jesus o ressuscitou após ficar 8 horas morto

Quando Daniel Calveti tinha apenas 6 meses de idade, seus pais fizeram uma promessa a Deus. Seu bebê estava muito doente, diagnosticado com meningite bacteriana e alguns vizinhos tinham conversado com eles sobre Jesus.

Eles lembram que fizeram a seguinte oração: “Jesus, nós não sabemos como falar com você, mas se curar Daniel, prometemos que vamos dedicar nosso filho para ti e toda nossa família irá te seguir”, explicou Calveti, que hoje é um conhecido cantor gospel.

Poucas semanas depois da oração desesperada de seus pais, eles receberam a pior notícia imaginável: seu filho pequeno havia morrido. O corpo do menino foi embrulhado em um lençol branco e levado para o necrotério do hospital. Contudo, algo incrível aconteceu.

“Fiquei morto por oito horas”, conta Calveti, “mas depois, Jesus tocou meu corpo.”

A família ouviu de uma pessoa da limpeza que saiu aterrorizada do necrotério após ver algo se mexendo sob o lençol. Era o pequeno Daniel!

O médico estava muito assustado, relata o cantor. “Meus pais foram chamados e ouviram-no dizer: Eu não sei o que aconteceu, mas Daniel voltou à vida… e não há nenhum indício de meningite em seu corpo. Totalmente curado”.

Os pais de Calveti viram que esse era um milagre de Deus e cumpriram a promessa. Eles dedicaram suas vidas – e de seu filho – para servir a Cristo.

Moradores da Venezuela, venderam seu negócio e sua casa para serem missionários em Porto Rico, onde Calveti viveu por 22 anos. Até hoje seus pais servem ao Senhor naquele país, pastoreando a igreja Fruto de la Vid.

Hoje morando nos Estados Unidos, Daniel Calveti trabalha com a Associação Evangelística Billy Graham. Ele estará na cruzada “Festival da Esperança”, cujo pregador principal será Franklin Graham.

Um dos vários músicos que participarão do Festival, Calveti diz que 40 anos depois de ser ressuscitado, seu objetivo ainda é compartilhar a esperança de Cristo com as pessoas. “Meu coração está muito conectado com Porto Rico. Minha esposa é de Porto Rico, meus filhos são de Porto Rico”, ressalta.

Ele pretende compartilhar seu testemunho e cantar músicas que fazem parte de seu álbum mais recente. Contudo, o mais importante é a parte final. “Toda vez que tocamos nessas cruzadas é uma bênção para mim e para a nossa banda. Minha parte favorita do Festival é quando eles fazem o chamado para as pessoas aceitarem a Jesus”, revela.

Calveti explica que assim como Jesus o salvou naquele dia, quando jazia na mesa fria de um necrotério, o Senhor está salvando pessoas hoje, que estão espiritualmente mortas.

Porto Rico, uma pequena ilha do Caribe, tem cerca de 3,5 milhões de habitantes. O cantor assegura que embora a maioria se considere cristã, são nominais, pois não vivem como seguidores de Cristo.

O objetivo do Festival é alcançar as pessoas com a esperança do evangelho. “É disso é o que precisamos agora, e por isso que estou muito animado. Todo mundo vai ouvir sobre Jesus ser o Salvador e como ele ainda cura nos dias de hoje”, encerra. Com informações de Charisma

Fonte:Gospel prime

Assista uma apresentação de Daniel Calveti:

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »